Blog Cultura de Rua

postado: 25 de Maio de 2015 às 13:51

Exclusivo: Don L relembra trajetória cheia de obstáculos no clipe de "Verso Livre Nº 1 (Giramundo)"

  • Imprimir

Por Luciana Rabassallo

"E se eu não for seu rapper favorito / Eu provavelmente sou o favorito do seu favorito", profetiza Don L na letra de "Caro Vapor", uma das canções que dá nome ao EP Caro Vapor / Vida e Veneno de Don L, lançado virtualmente em 2013. A rima é certeira. O primeiro registro solo do músico cearense é um dos grandes destaques do rap nacional nos últimos anos e, de imediato, tornou-se referência para a sonoridade de artistas iniciantes - ou não.

Edição 89: Após despontar no grupo Costa a Costa, MC Don L lança elogiado trabalho solo e planeja voos ousados.

Para satisfazer a ansiedade dos fãs e deixar claro que só Don L pode fazer o som classudo e original de Don L - o resto todo é imitação, o rapper está de volta com uma canção e um clipe inéditos. Tanto o áudio quanto o vídeo são lançados com exclusividade nesta segunda-feira, 25, aqui no blog Cultura de Rua, espaço dedicado ao hip-hop nacional no site da revista Rolling Stone Brasil.

Exclusivo: Don L lança clipe da faixa “Morra Bem, Viva Rápido”, dirigido pelo português João Seguro.

Em "Verso Livre Nº 1 (Giramundo)", o rapper rima sobre os tempos difíceis que experimentou quando ainda morava em uma quebrada na capital do Ceará. "É um verso livre. Não tive muita preocupação estética na produção. Essa letra surgiu como um exercício de MC. A Jéssica [Braga, que assina a direção do vídeo] entrou em contato comigo e disse que tinha uma locação para gravar um clipe", conta.

Alexandre Orion criou o grafite inverso ao transformar a poluição dos carros em impactantes obras de arte.

"Esse lugar era uma ocupação de um prédio no centro de São Paulo. Na hora eu me lembrei que eu já vivi essa situação que as pessoas estão passando ali. Eu invadi um terreno e construí meu barraco em uma favela em Fortaleza. Usei isso como âncora pra versar sobre minha vida na estrada, em busca de uma terra 'não prometida'", explica.

Veja o clipe de "Verso Livre Nº 1 (Giramundo)" abaixo

A letra da canção inédita surgiu durante uma madrugada de insônia: "Foi algo que fiz de uma vez só. Ouvi um beat qualquer e escrevi em cima disso", explica. A prática, conhecida como "free verse", é muito utilizada por rappers e poetas que, naquele momento, não querem se preocupar com estilística, métrica ou rimas incrementadas. Kendrick Lamar fez isso recentemente em "For Free? (Interlude)", uma das canções mais elogiadas de To Pimp A Butterfly, disco considerado (até aqui) o melhor do ano no gênero hip-hop.

"Eu sou de esquerda na política e no candomblé", afirma o rapper Thaíde.

Sobre a sonoridade apresentada e a técnica de composição, Don L afirma que "não é uma possibilidade para o novo álbum de estúdio". "Essa faixa não tem relação com o que está por vir", comenta. Enquanto o segundo registro solo do rapper não chega, nos resta curtir "Verso Livre Nº 1 (Giramundo)" e, pelo visto, esperar por mais uma pedrada musical - que com sorte ainda poderá sair em 2015.

RZO volta aos palcos de São Paulo e confirma disco de estúdio: "Em breve vamos lançar duas canções inéditas".

Veja letra de "Verso Livre Nº 1 (Giramundo)" e faça seus comentários no Genius.