Blog Cultura de Rua

postado: 24 de Nov. de 2015 às 15:43

Rapper Msário fala sobre a composição da canção "Jet", que tem participação de Max B.O. e Apolo

  • Imprimir
Rapper Msário
Reprodução/Vídeo

Por Luciana Rabassallo

Em um vídeo divulgado com exclusividade pelo blog Cultura de Rua, espaço dedicado ao rap nacional no site da revista Rolling Stone Brasil, o rapper Msário fala a respeito da criação da canção "Jet", faixa que integra o recém-lançado Sangue de Leão, o primeiro disco solo do músico.

Criolo completa 40 anos e segue arrebatando públicos além do rap.

A sétima música do disco, que tem participação de Max B.O. e Apolo, fala sobre fazer um rolê com os amigos após um dia cansativo de trabalho. "Esqueça tudo aquilo que lhe remete ao mal /Os problemas da sua vida, a falta de real", canta Msário acompanhado por uma batida pautada no dancehall - timbre característico da década de 1990 e marca fundamental do encontro entre o reggae e o gangsta rap.

Emicida exalta a cultura negra em disco com mensagem acessível e extremamente relevante.

“Essa é uma música de celebração mesmo, falamos um pouco da diversão, que é necessária depois da correria, em um tom mais animado. Os teclados reggae e o contrabaixo pesado fazem a cama para o flow”, afirma o rapper, que durante 12 anos integrou, ao lado de Rael, Apolo, Massao, Dodiman e DJ Kiko, o seminal coletivo Pentágono.

Veja Msário falando sobre a faixa "Jet" abaixo:

Sangue de Leão, que foi produzido por Bruno Dupre e Jeff Boto, é constituído por dez faixas inéditas e está disponível para download gratuito. O disco chegou aos ouvidos dos fãs no mês de abril. “Esse álbum é uma concretização de projetos e pensamentos de toda a minha vida e carreira. Falo de fé, amor, paz, luta, autoconfiança, de se divertir com sabedoria, de que todas as batalhas e glórias da vida vêm por algum motivo. Sempre me considerei um leão nessa selva chamada São Paulo. Literalmente demos o sangue para concretizar este álbum", comenta Msário.