Jack poderia ter sobrevivido ao naufrágio do Titanic?

No filme, o personagem de Leonardo DiCaprio morre de hipotermia para salvar Rose (Kate Winslet)

Redação Publicado em 09/10/2012, às 12h07 - Atualizado em 27/11/2017, às 16h27

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet
Reprodução

As fãs do jovem Leonardo DiCaprio saíam dos cinemas com os olhos vermelhos e inchados de tanto chorar pela trágica (e romântica) morte do seu personagem, Jack Dawson, em Titanic .

Ele, garotão pobre que entra no navio por acaso, acaba se apaixonando perdidamente pela menina rica Rose (Kate Winslet). Eles vivem um tórrido caso de amor, mas, o capitão do barco “indestrutível” não enxerga um iceberg a tempo de desviar a rota.

Bom, o final do filme de James Cameron todo mundo já sabe: o navio se parte em dois; os músicos da orquestra continuam tocando mesmo com o desespero ao redor, o capitão decide afundar junto com a embarcação. Quando Jack e Rose caem na água gelada do oceano Atlântico, ele cavalheirescamente deixa que a amada fique sobre uma tábua de madeira.

Mas o que perguntam os fãs do filme é se Jack e Rose não conseguiriam ficar ambos na tábua e, assim, o personagem de Leo DiCaprio não morreria de hipotermia. James Cameron tem sido perguntado desde então sobre o motivo de Jack não ter insistido em se salvar. “Não era uma questão de espaço, mas de flutuação”, explicou o diretor para o site IDG, durante a divulgação da versão em 3D do filme, este ano.

A dupla de cientistas Mythbusters, conhecidos no Brasil como Caçadores de Mitos, decidiu provar que Cameron estava errado. E, no vídeo abaixo, eles mostram que era possível que Jack e Rose sobrevivessem. Se algum deles tivesse colocado a cachola para funcionar.

Mas, como você pode ver abaixo, Cameron não quer muito papo: "O roteiro diz que ele morre. Ele tem que morrer. Talvez tenhamos feito bobagem tivéssemos que ter deixado a tábua menor, mas o cara vai afundar".