Blog da Redação

postado: 31 de Out. de 2016 às 16:26

Murdoc, do Gorillaz, posiciona-se na “rivalidade” Oasis vs. Blur

  • Imprimir
Murdoc - Gorillaz
Reprodução

Porr Redação

Murdoc, baixista da banda fictícia Gorillaz, revelou em uma entrevista à Noisey algumas das opiniões pessoais dele sobre política e rock britânico. Além disso, o personagem criado pelo quadrinista Jamie Hewlett em parceria com Damon Albarn, do Blur, falou sobre a infância na Inglaterra e o primeiro show com o Gorillaz.

LEIA TAMBÉM
Noel Gallagher e Damon Albarn já tocaram Gorillaz e The Clash juntos
[Entrevista] Albarn fala sobre Blur, Gorillaz e Kanye West
Gorillaz antecipa novo álbum com história multimídia; assista a The Book of Noodle

"Sobrecarregou as sinapses das pessoas", disse sobre o debute em cima dos palcos com a banda. "Eles [o público] ficaram tão impressionados, que uma gigantesca rebelião aconteceu na ocasião. O lugar foi destruído e eu peguei um monte de DSTs naquele show. Melhor noite."

Embora seja criação de Albarn, Murdoc não escondeu a preferência quando o assunto foi a velha rixa entre dois pioneiros do britpop: Blur e Oasis. O músico afirmou gostar mais da extinta banda capitaneada pelos irmãos Gallagher do que a do criador dele – bem como de Beatles em vez de Rolling Stones.

Na entrevista, o baixista declarou que o maior músico britânico vivo seria Ringo Starr, porque “enquanto todo mundo estava muito louco de cocaína nos anos 1980, o ex-baterista dos Beatles gravou o melhor disco da carreira, Thomas the tank Engine”.

Murdoc também deu a opinião dele sobre políticos ingleses e a recente saída do Reino Unido da União Europeia, jogada política também conhecida como Brexit. “Políticos são inerentemente não confiáveis porque é do interesse deles mentir. Bem parecido com os jornalistas. Não é?”