Wilson das Neves – o samba é seu dom

Redação Publicado em 08/11/2012, às 21h06 - Atualizado em 13/06/2018, às 18h05

Wilson das Neves
Reprodução/Facebook oficial

Por Robie R.

Quando o ritmo é o samba e o instrumento é a bateria, Wilson das Neves é referência. Em 2012, aos 76 anos, recebeu o prêmio de Melhor Instrumentista no 1º Prêmio Contigo! de MPB Brasil, pela sua participação como baterista no álbum Chico, de Chico Buarque (músico com quem toca desde 1982). Isso mostra que ele continuava em plena forma, atuando como profissional das baquetas há mais de cinco décadas. Como baterista, possui mais de 600 gravações registradas, tendo acompanhado monstros sagrados como Tom Jobim, Sarah Vaughan, Elis Regina, Toots Thielemans, Michel Legrand, Elizete Cardoso e quase toda a nata da MPB. Além de baterista, Wilson das Neves foi compositor, cantor e, recentemente, se revelou também bom ator, no filme Noel, Poeta da Vila. “Ô sorte!”, exclamaria das Neves.

Uma boa forma de adentrar ao universo deste talento brasileiro é prestar bastante atenção na letra que o compositor Paulo César Pinheiro criou para uma melodia dada a ele por Wilson das Neves. Em “O Samba é Meu Dom”, Paulo César Pinheiro captura e traz à tona a essência de seu parceiro. Na forma de versos e rimas, podemos entender um pouco, como o samba ajudou a criar a identidade de Wilson das Neves.

O “Samba é meu Dom”, na voz de Wilson das Neves:

Vamos ver e ouvir agora Wilson das Neves de baquetas nas mãos, interagindo com o instrumento de onde ganha o seu pão:

No próximo vídeo, das Neves nos conta sobre a evolução de sua carreira, mostra sua relação com a música e seu instrumento, e temos a oportunidade de ver um pouco de seu trabalho em estúdio. O vídeo, produzido em 2010, época da gravação de seu terceiro disco solo, Pra Gente Fazer Mais Um Samba, Wilson das Neves canta músicas próprias com letras de vários parceiros. O CD levou em 2011 o Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Álbum de Samba.

A relação de Chico Buarque e Wilson das Neves é algo muito especial, como se pode conferir nos dois vídeos seguintes. No primeiro, os dois cantam juntos, e a emoção transborda no palco. No segundo, das Neves é o convidado especial de Chico Buarque para a gravação de um samba de Buarque e Ivan Lins para Chico (2011), último álbum lançado pelo compositor.

“Grande Hotel”, Chico Buarque e Wilson das Neves:

“Sou Eu”, Chico Buarque e Wilson das Neves:

Em 2006, Wilson das Neves revelou seu talento como ator no já citado Noel, Poeta da Vila, interpretando o importante personagem Papagaio. Aqui ele aparece na cena final do filme, cantando “Último Desejo”, obra-prima de Noel Rosa.