Francisco, El Hombre esbanja vitalidade em performance de “Dicen”; assista

Vídeo foi gravado durante show da banda de Campinas no Centro Cultural São Paulo, em maio

Lucas Brêda Publicado em 06/08/2015, às 20h55 - Atualizado em 07/08/2015, às 16h47

Novatos do Francisco, el Hombre roubam a cena no festival Bananada 2015
Claudio Cologni

por Lucas Brêda

Basta uma rápida audição do EP de estreia do Francisco, El Hombre (La Pachanga!, lançado este ano) para se ter uma ideia da quantidade de energia presenta nas faixas da banda de Campinas. Ao vivo, entretanto, tudo adquire um novo patamar, com a vitalidade dos músicos e a participação da plateia. É o que pode ser visto no novo vídeo do grupo para a faixa “Dicen”, divulgado com exclusividade no Sobe o Som – espaço dedicado à música alternativa na Rolling Stone Brasil.

Sobe o Som: 10 novos artistas nacionais que você deve conhecer.

“Isso surgiu na rua, cara”, revela Sebastián Piracés, um dos líderes (ao lado do irmão Mateo Piracés) do Francisco, El Hombre, destacando o começo da carreira, quando o grupo tocava mais na rua do que em casas próprias para shows. “É um lance de entrega pessoal e de saber contagiar as pessoas que estão ao seu lado.”

A animação da banda também tem a ver com o desprendimento dos improvisos, maneira de tocar que levou o grupo a compor as primeiras músicas e continua sendo tônica nas apresentações. “Depois do show comentaram: ‘Nossa, que legal tal coisa. Vocês devem ter ensaiado muito, né?’”, conta Sebastián. “E, na verdade, a gente não ensaiou quase nada. Sempre fizemos tudo de improviso, espontâneo, uma conversa musical mesmo.”

Mais no SoS: Mahmundi exala melancolia em versão minimalista de “Arpoador”.

O show citado por Sebastián foi realizado Centro Cultural São Paulo, no dia 7 de maio, ocasião em que o Francisco, El Hombre fez a apresentação de lançamento do EP La Pachanga! – e quando gravaram a versão ao vivo de “Dicen”. O músico lembra que, nos dias anteriores à apresentação, havia ocorrido um dos panelaços em protesto ao atual governo brasileiro.

Durante a performance de “Dicen”, ele comentou: “Tendo em vista acontecimentos recentes, que envolvem instrumentos de cozinha, é que foi escrita essa próxima parte”, antes de cantar um dos versos da música. “Era um assunto que estava muito fresco”, lembra. “Vendo essa manifestação, que é muito de direita e até um pouco boba – de fazer barulho pela janela –, nós estávamos dando risadas no camarim. Por isso falei aquilo na música.”

Gentileza retorna com novo disco após seis anos; ouça.

Os versos que seguiram a manifestação de Sebastián foram: “Viene bailando la horda de milicos/ Quiere que todos se porten bonito: ‘caminen igual y vistanse igual’/ Y aqui les enseñan como ser normal y si dicen que el hombre se debe callar”, seguidos de um pedido de silêncio – quase teatral – pelos integrantes da banda.

“Dicen”, aliás, surgiu da vontade de Sebastián e Mateo de falar aos sobrinhos (muito novos) sobre a ditadura, um assunto “pesado”, de uma maneira não tão dura. “Estávamos divagando sobre um poema de Allen Ginsberg”, conta. “Mas virou uma música de três notas, com uma letra completamente viajada e, por mais que ela seja simples, ela nasceu de um papo muito sério.”

Assista abaixo ao vídeo de “Dicen”, ao vivo.

No resto deste mês, o Francisco, El Hombre está com agenda cheia. Eles farão quatro shows no Rio Grande do Sul e seguirão para São Paulo, para um show no SESC Pompeia, pelo programa Pratas da Casa, no dia 18. Depois, eles ainda tocam em Curitiba, Campinas, Goiânia, Marília e Florianópolis, já invadindo o mês de setembro. Veja as datas abaixo.

Ouça também todas as faixas do EP de estreia do Francisco, El Hombre.