Blog da Redação

postado: 14 de Dez. de 2016 às 14:21

Toldo do clube punk CBGB é vendido em leilão por US $30 mil

  • Imprimir

O toldo que ficava acima do lendário CBGB, clube de Nova York essencial à cena punk entre 1988 e o começo dos anos 2000, foi vendido em leilão por US$ 30 mil, segundo o site The Village Voice.

O toldo foi leiloado na Sotheby’s pelo ex-gerente do CBGB, Drew Bushong, que começou a trabalhar no clube em 2000. Em uma entrevista à casa de leilões, Bushong explicou que ele manteve o toldo por mais de uma década depois de tirá-lo do lixo.

“Era meu dia de folga e eu estava bêbado no bar Mars, o belo e sujo bar que ficava ali perto”, Bushong lembrou. “Eu acho que era 2004. Eu fui até o CB para ver se alguém estava por lá e havia uma caixa nas lixeiras do lado de fora. Eu a havia visto em cima da mesa do [dono] Hilly [Krystal] por mais ou menos um ano. Eu me lembro de pensar ‘Por que isto está no lixo?’ Eu acordei na manhã seguinte – com sapatos, eu estava meio de ressaca – e a caixa com o toldo estava em cima da minha cama. Eu fiquei sabendo depois que ele estava no escritório de Hilly porque um dos estagiários deveria colocar selos nele e mandar para o Hall da Fama de Cleveland e ele nunca chegou lá. Eu o mantive debaixo da minha cama desde então.”

O Hall da Fama do Rock and Roll acabou recebeu o toldo que ficava pendurado acima do CBGB até o fechamento do clube em 2006. O museu esperava conseguir o toldo original, mas a banda punk Jodie Foster's Army o teria roubado depois de um show nos anos 1980, uma história corroborada por vários ex-funcionários, de acordo com o Gothamist.

Em outra matéria do Gothamist sobre o paradeiro dos toldos do CBGB, Brendan Rafferty explicou que o segundo toldo – o que foi vendido em leilão – acabou na mesa de Krystal e, depois, no lixo, após ter sido danificado e vandalizado. Uma banda, The Toilet Boys, pintou o nome deles no toldo, e logo depois as pessoas começaram a arrancar pedaços do objeto.

Para Bushong, o toldo sempre estará ligado à época dele no clube: “Eu inclusive fui esfaqueado embaixo do toldo – o que é algo que espero que tenha favorecido a venda”, ele disse à Sotheby’s. Na época, Bushong estava trabalhando na porta quando foi esfaqueado no pescoço por uma pessoa que ele teve de expulsar do show por ter começado uma briga. “Em vez de chamar a polícia eu liguei para o Hilly, o dono do clube, e ele disse ‘O que você está fazendo me ligando?! Ligue para a polícia!’ Mais ou menos um mês depois daquilo eu era o gerente. Era uma época violenta e empolgante. Eu não gostaria de reviver tudo isso agora, mas quando eu estava na casa dos 20 ou 30 anos era bem divertido.”