Edição 108 - Agosto de 2015

Família Reunida

Baby do Brasil e Pepeu Gomes dividirão o palco novamente, após 27 anos
  • Imprimir
Família Reunida
Divulgação
por Luciana Rabassallo

Caso você encontre o Pepeu Gomes por aí, não se esqueça de dizer que ele foi homenageado esta noite”, pede Baby do Brasil no show da turnê A Menina Ainda Dança (Baby Sucessos), que deu origem ao CD e ao DVD homônimos lançados em abril.

Por intermédio de Pedro Baby, músico e quarto filho do casal, o recado finalmente chegou aos ouvidos do renomado guitarrista. A dupla Baby do Brasil e Pepeu Gomes se reunirá no Rock in Rio 2015, após um hiato de 27 anos, para um show no Palco Sunset. “Estou muito feliz de ser o interlocutor familiar desse encontro musical. Minha vontade de rever os dois juntos no palco vem sendo amadurecida desde o espetáculo Baby Sucessos, do qual sou diretor artístico e idealizador”, conta Pedro, antes de acrescentar: “A semente dessa reunião foi plantada naquele momento, quando Baby me pediu que o show fosse uma homenagem ao Pepeu. Estou ainda mais lisonjeado por essa união acontecer no Rock in Rio”.

Os ex-integrantes do icônico grupo Novos Baianos foram os responsáveis por uma das apresentações de maior impacto durante a primeira edição do festival, realizada em 1985. À época, Baby estava no oitavo mês de gestação do filho caçula, Kriptus, e subiu ao palco com a barriga desnuda. As imagens da cantora grávida empunhando um microfone chocaram a ala conservadora do país, que ainda tentava digerir a reabertura política após 21 anos de ditadura militar quando viu nascer o mais longevo e bem-sucedido evento musical criado no Brasil. “Quando essa apresentação aconteceu, eu tinha apenas 6 anos de idade. Não pude ir ao show, mas estive presente na passagem de som. Ele é, sem dúvida, um dos pontos mais altos
na carreira dos dois, pois trouxe uma visibilidade internacional ao trabalho deles”, analisa Pedro.

“Eu sou um dos poucos artistas brasileiros que participaram de todas as edições do Rock in Rio no Brasil. Estamos na ativa até hoje e nunca deixamos as nossas raízes desaparecerem. Por isso, o repertório será pautado nos hits que eu e Baby gravamos ao longo de 18 anos de parceria musical”, diz Pepeu Gomes.

Para Zé Ricardo, diretor artístico do Palco Sunset, este será um momento emblemático, como ele declarou em entrevista coletiva. “É um presente para os artistas e para os fãs do festival, que poderão se deliciar com os sucessos de nomes da música tão especiais, e que não se apresentam juntos há muito tempo.”