Edição 108 - Agosto de 2015

MAIS POP DO QUE NUNCA

Paper Gods, 14° trabalho do grupo britânico Duran Duran, é recheado de participações especiais
  • Imprimir
Mais pop que nunca
Divulgação
por Lucas Borges

Ícones dos anos 1980, o Duran Duran não perde a pose. Paper Gods, 14° disco do grupo britânico, tem lançamento marcado para 11 de setembro e mostra uma banda que faz questão de soar mais descolada do que antes. O produtor Mark Ronson e o guitarrista Nile Rodgers (Chic) foram convidados para a gravação, dando um toque de groove ao já dançante som do grupo. As vozes de Janelle Monáe e Kiesza também estarão presentes. De bandeja, os baluartes da new wave receberam ligações da atriz Lindsay Lohan e do guitarrista Jonh Frusciante, ex-Red Hot Chili Peppers, que se ofereceram para participar do trabalho. Lindsay gravou uma espécie de monólogo em “Danceophobia” e Frusciante tocou em três faixas. “Ele escreveu dizendo que queria estar no álbum e dissemos: ‘Por favor!’ É um dos maiores guitarristas da atualidade. Lindsay também fez um grande trabalho”, diz o baterista do grupo, Roger Taylor. Simpatizantes dos serviços de streaming, os ingleses dizem ouvir de tudo pela internet, mas não conseguem citar uma referência específica para Paper Gods, nem mesmo da obra deles mesmos. “O último álbum foi bastante marcado por nossos trabalhos anteriores. Agora queríamos ver aonde a música iria nos levar. Houve um momento em que John [Taylor, baixista] trouxe um disco do Kanye West. Aquilo mexeu com minha cabeça, era tão diferente, tão moderno”, elogia
o veterano.