Edição 114 - Fevereiro de 2016

Adorável Vilão

Morreu Alan Rickman, o antagonista de Duro de Matar e o amargo Snape, de Harry Potter
  • Imprimir
Adorável Vilão
CHARLES SYKES/INVISION/AP

O mundo ainda se recuperava da morte de David Bowie quando, dias depois, outro britânico de 69 anos foi vítima de câncer, acendendo a chama de todo tipo de teoria conspiratória. Alan Rickman morreu em 14 de janeiro, vítima de câncer no pâncreas.

Apesar de ter tido uma longa carreira no cinema e nos palcos e ser lembrado por muita gente como o grande vilão Hans Gruber, de Duro de Matar, foram os fãs de Harry Potter que mais se comoveram e ergueram suas varinhas em respeito ao admirado ator, que marcou toda uma geração como o ambíguo professor Severo Snape. Foram prestadas homenagens no parque temático do filme, na Flórida (Estados Unidos), na Plataforma 9 ½, em Londres (Inglaterra), e em diversos locais ligados à trama dos livros/filmes.

Com uma carreira que se estendeu por mais de três décadas, Alan Sidney Patrick Rickman, nascido em Londres, teve sucesso no teatro, no cinema e na televisão, tendo ganhado prêmios no Globo de Ouro, Emmy e Bafta. O primeiro longa para o cinema foi, também, o que o tornou conhecido pelo grande público, no já citado Duro de Matar. Ele ainda chegou a dirigir dois filmes, Momento de Afeto (1997) e Um Pouco de Caos (2014). O currículo do artista também incluiu Robin Hood: O Príncipe dos Ladrões (1991), Dogma (1999) e Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (2007). Mais recentemente, Rickman deu vida a Hilly Kristal, proprietário da lendária casa de shows CBGB, em CBGB: O Berço do Punk Rock (2013).

Alan Rickman deixou um trabalho inédito: emprestou a voz marcante à Lagarta Azul em Alice Através do Espelho, que estreia em 26 de maio. Além disso, aparece no filme Eye in the Sky, exibido por enquanto somente no Festival de Toronto.

Recomendadas