Edição 114 - Fevereiro de 2016

Gelo Quebrado

Após anos relutando, Olivia Newton-John falava à revista
  • Imprimir
Gelo Quebrado
Divulgação/Reprodução

Desde 1975 a Rolling Stone tentava fazer um perfil da cantora Olivia Newton-John, que era a rainha do country pop da época. Mas ela não topava, achando que, devido à sua imagem bem -comportada, seria ridicularizada. Finalmente, em 1978, depois do sucesso de Grease – Nos Tempos da Brilhantina (estrelado por Olivia ao lado de John Travolta), o empresário dela aceitou o convite, mas com a condição de que a revista não pegasse pesado. O então editor, Ben-Fong Torres, ficou com a missão de falar com a estrela. A cantora e atriz confessou que havia pensado que o convite para a entrevista era piada. “Eu achava que não tinha nada a ver com a revista de vocês”, afirmou, aproveitando para rebater as críticas de que seria apenas um rostinho bonito: “Eu não sou uma artista fabricada por algum magnata da indústria. Acredito no que faço”.