Edição 119 - Julho de 2016

Pacto Sinistro

Autor brasileiro relança história baseada nos mitos que cercavam o músico Robert Johnson
  • Imprimir
por Ramon Vitral

As páginas de O Diabo & Eu adaptam para os quadrinhos a vida de Robert Johnson (1911- 1938). Reza a lenda que o artista teria dado a alma ao demônio em troca de seus dotes musicais, em pacto feito em uma encruzilhada no interior do Mississippi. A obra do quadrinista brasileiro Alcimar Frazão, lançada em tiragem limitada em 2013, ganha agora edição com 13 páginas extras. Nelas, nomes fortes dos quadrinhos nacionais –Lourenço Mutarelli, Wagner Willian e outros – dão sua própria versão para a suposta relação do tinhoso com um dos maiores bluesmen de todos os tempos. Sem qualquer fala ou onomatopeia, O Diabo & Eu conta com a força dos contrastes para contar a versão de Frazão para vários momentos da vida de Johnson. O objetivo foi ressaltar os aspectos dramáticos da trajetória do protagonista. “Era importante para mim que o drama estivesse colocado a partir das imagens, de alguma forma fosse apenas o eco do que é narrado nas músicas dele”, conta o autor. O processo criativo também serviu para experimentação: músico amador, Frazão investiu em um elemento pouco explorado das HQs. “Mesmo sendo fundamental, o tempo é o princípio menos controlável das HQs. Pensei como o tempo de uma música poderia me influenciar. Utilizei a relação de proporção entre os quadros, as viradas e a composição das páginas e o tamanho de uma cena para tentar influenciar no tempo de leitura.”

Recomendadas