Edição 120 - Agosto de 2016

Escolhas Distintas

Com estilos diversos, seis artistas exploram o tema “passagens e percursos” na HQ Topografias
  • Imprimir
Escolhas Distintas
Divulgação
por Ramon Vitral

A origem do álbum Topografias está no primeiro encontro ao vivo das seis quadrinistas que assinam a publicação. Lançada pelo selo independente Piqui, de Brasília, a coletânea reúne HQs de Bárbara Malagoli, Julia Balthazar, Lovelove6, Mariana Paraizo, Puiupo e Taís Koshino. O sexteto se conheceu pessoalmente na edição de 2015 do Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte. Decididas a publicar alguma coisa juntas, elas passaram a buscar um tema que unisse a produção de todas para chegar ao conceito do álbum.

“Surgiram algumas ideias e fechamos com ‘passagens e percursos’. São espectros amplos que possibilitaram várias formas de abordagens, adaptadas aos estilos de cada autora”, explica Taís. Impressas em roxo, azul e tons de rosa, as 60 páginas da coletânea chamam atenção exatamente pelas diferentes técnicas utilizadas por cada artista.

Os enredos, que vão de relacionamentos a ficção científica, são narrados de formas variadas. Bárbara, por exemplo, conta a história que criou em sete páginas, cada uma composta por um único painel. “Sinto muita necessidade de fazer com que o leitor entre totalmente no cenário da história”, diz. Já Marian construiu seu quadrinho a partir de recortes e colagens de jornal: “Preferi fazer as conexões de imagem e de texto de uma forma mais poética”.

O resultado foi positivo para todas. “Entre os nossos diversos estilos, há algo que foge do comum”, analisa Taís. Temos uma inquietação acerca da narrativa e vontade de explorar as potências da linguagem dos quadrinhos.”