Edição 123 - Novembro de 2016

Rotina Experimental

Quadrinista brinca com a linguagem das HQs em obra sobre a relação entre cotidiano e amor
  • Imprimir
Rotina Experimental
Alexandre Lourenço/Divulgação
por Ramon Vitral

O quadrinista Alexandre Lourenço sempre soube qual era seu principal desafio ao produzir as 132 páginas de Você É um Babaca, Bernardo. Para o autor, era essencial encontrar uma forma de retratar os efeitos de uma rotina banal e pouco inspirada no cotidiano de seus personagens. A solução encontrada pelo artista impressiona, mas deve ser decifrada por seus leitores: as 12 primeiras páginas do álbum são compostas de quadros aparentemente autônomos, conectados apenas pela passagem do tempo na vida do monótono Bernardo.

“A intenção é causar estranhamento e forçar o leitor a parar e observar”, explica Lourenço. “É um quadrinho praticamente mudo. Quero que a pessoa se prenda em cada página e perceba os pequenos detalhes que compõem a trama.” Passado o choque com o experimentalismo da introdução da obra, é finalmente apresentada aquela que o autor considera sua verdadeira protagonista. Bernardo sai da rotina ao se apaixonar por Gabriela: “Ele vive a realidade dele sempre pensando em alguma outra coisa e perde o que está acontecendo. A jornada dela é bem mais interessante. Aliás, a babaquice do Bernardo parte do ponto de vista dela”.

Você É um Babaca, Bernardo é a primeira empreitada longa e impressa de Lourenço. O quadrinista também é autor da webcomic Robô Esmaga, publicada como coletânea em 2015. “A minha prática é mais online, mas gosto de pensar no meio no qual a história será transmitida, nas possibilidades, sequências e formas que nunca tinha experimentado antes.”

Recomendadas