Edição 97 - Setembro de 2014

Tudo em Família

Marcelo Camelo e Mallu fizeram, enfim, o que os fãs sempre pediram: montaram uma banda
  • Imprimir
Tudo em Família
Pedro Trigueiro
por Pedro Antunes

Marcelo Camelo e Mallu Magalhães caminhavam em uma daquelas inúmeras ladeiras de Lisboa, dias após se mudarem de vez para a capital portuguesa, quando foram abordados por um artista local relativamente conhecido. “Vocês deveriam montar uma banda”, disse o homem, antes de partir. “Não vamos colocar tudo na conta dele, mas já estávamos nesse movimento”, explica Camelo, ainda embasbacado com o ocorrido. É a primeira entrevista no Brasil para falar da novíssima
Banda do Mar, fundada ao lado de Mallu e de Fred Ferreira, baterista português amigo do músico carioca há dez anos. O trio nasceu no fim de 2013, passou por dois períodos em estúdios portugueses e se materializa em um disco homônimo, lançado no fim de agosto. Ferreira havia acabado de chegar ao país e mostrava uma pontinha de saudade de Lisboa, ao passo que o casal tinha vindo antes para visitar a família. Aquele era o segundo dia de ensaio dos três para os shows. “No estúdio, nunca se toca junto”, diz Ferreira, ao relatar que estão se descobrindo como banda. “Começamos no estúdio para fazer um disco. E estamos a ensaiar. Foi o contrário”, conclui o português.

Até mesmo falar com a imprensa é novidade para o grupo. “Ajudem-me aqui”, pede Ferreira, ao tentar detalhar a sonoridade da banda. “Como assim? Estou tendo uma aula!”, responde Camelo, padrinho da filha do baterista. Ainda assim, de vez em quando, um deles complementa o pensamento do outro. “Queremos ser felizes, cara. A gente se adora”, diz o carioca. Ferreira continua, ao dizer que os três estão “curtindo esse disco”, seguido por Mallu: “Estaríamos fazendo alguma coisa. Seja montando uma banda, seja jantando juntos, seja fazendo os dois!”

Recomendadas