Aplicativo conecta mães e seus bebês prematuros por meio do som

O Voices of Life vai permitir a gravação de áudios para que sejam reproduzidos direto na incubadora, emitindo o som como se o recém-nascido ainda estivesse dentro do útero
  • Imprimir
TIM - Bebê
Thinkstock
por ROLLING STONE/OFERECIMENTO TIM
24 de Junho de 2016 às 09:00

Um aplicativo está sendo desenvolvido para encurtar a distância entre mães e bebês prematuros. Por meio do celular, a mãe poderá gravar sua voz – mensagens ou canções de ninar, por exemplo – e batimentos cardíacos para serem reproduzidos na incubadora, com o objetivo de que o bebê se sinta como no útero.

Desenvolvido pela Samsung, o projeto se chama Voices of Life (ou vozes da vida, em português). De acordo com o vídeo de divulgação da campanha, em 2015 nasceram 15 milhões de bebês prematuros. Essas crianças têm mais risco de desenvolver problemas de déficit de atenção e de desenvolvimento da fala durante o crescimento. Os desenvolvedores afirmam que o Voices of Life pode ajudar a prevenir esses casos.

Ainda não foram divulgados detalhes sobre o produto – celulares compatíveis, valores, data de lançamento –, mas o vídeo sugere que o app funciona com uma caixa de som especial. O Voices of Life grava, elimina altas frequências e modifica o áudio para simular o som da maneira que chegava até o recém-nascido quando ainda estava no útero.

Amir Lahav, professor assistente de pediatria da Harvard Medical School, diz no vídeo, em inglês, que a ideia “auxilia as mães a estarem junto aos filhos, mesmo que não fisicamente, e ajuda o bebê com sons maternais dos quais ele precisa para um desenvolvimento saudável do cérebro”.

Assista abaixo:

Leia também