Campanhas criativas usam Pokémon Go para ajudar animais

Nos Estados Unidos, um abrigo fez referência ao game para incentivar jogadores a passearem com cães; no Brasil, a prefeitura da cidade de Esteio criou a bem-humorada Catioro Go
  • Imprimir
Tim - Catioro Go
Divulgação
por ROLLING STONE/OFERECIMENTO TIM
15 de Ago. de 2016 às 11:58

Além de fazer jovens se exercitarem mais, a febre do Pokémon Go tem tido outra vantagem: a divulgação de causas “caninas”.

Primeiro, um abrigo de animais da cidade de Muncie (Indiana, Estados Unidos) aproveitou o fato de que muita gente estava andando pelas ruas em busca de Pokemons para pedir que os jogadores levassem os cachorros do local para passear. O diretor do Muncie Animal Shelter postou o aviso no Facebook, e foi um sucesso.

A febre de Pokémon Go também teve efeitos positivos por aqui. A prefeitura de Esteio, no Rio Grande do Sul, criou em julho uma campanha de adoção chamada Catioro Go. Bem-humorada, a ideia chamou atenção para os animais que estão à espera de um lar. O mais legal é que surtiu efeito, e a equipe que cuida das redes sociais do abrigo até postou fotos de animais que foram “capturados” (leia-se adotados) por novas famílias. Nesse link dá pra ver alguns dos “catioros” que vivem no abrigo.

A gente torce para que a campanha se estenda também para “gatíneos” e outros animais, e que outras prefeituras copiem a ideia Brasil afora. Afinal, é por uma boa causa.

Leia também