Com olhar apurado, artista cria obras em paisagens incomuns

Um navio encalhado serviu como tela para um dos recentes trabalhos do havaiano Hula
  • Imprimir
TIM - Hula
Hula/Reprodução
por ROLLING STONE/OFERECIMENTO TIM
13 de Nov. de 2015 às 11:15

Ele decidiu mesclar a prática com uma prancha no Havaí com arte: vendo o ar pitoresco que uma embarcação encalhada dava ao local, o artista Hula resolveu pintar a bela figura de uma mulher na carcaça do navio.

Dependendo do ponto de vista, tudo – e em qualquer momento – vira objeto de arte. Esse é o lema de Hula, nascido no Havaí e hoje residente em Nova York. Autodidata, ele gosta de criar suas obras em lugares abandonados ou que normalmente não atrairiam a atenção de outros artistas.

O rapaz usou uma prancha de stand-up para trabalhar no navio abandonado. Vendo que a parte frontal dele ficava mais ou menos visível dependendo da maré, Hula teve a ideia de pintar algo que pudesse acompanhar esse movimento. Nasceu, então, o retrato “Ho’i Mai”, expressão em havaino que significa “volte”.

Para conhecer outras obras de Hula, acesse o site oficial.

SunsetSelfies

SunsetSelfies

SunsetSelfies

Leia também