Franceses criam robô tatuador

Protótipo utiliza programa de computador e braço automatizado semelhante ao de grandes indústrias
  • Imprimir
TIM - Tatuoué
Divulgação
por Rolling Stone/Oferecimento TIM
31 de Out. de 2016 às 12:45

Os designers franceses Pierre Emm e Johan da Silveira criaram uma tecnologia que faz com que um braço robótico realize tatuagens em humanos com perfeição. Chamado de Tatoué, o protótipo foi criado em um programa de residência para jovens artistas nos Estados Unidos, promovido pela empresa Autodesk.

O mercado das tatuagens trabalha mais com capital humano do que tecnológico - as máquinas de tatuar evoluíram, mas o que faz a diferença na hora de eternizar um desenho na pele é o tatuador. Com isso em mente, Emm e Silveira criaram o projeto tentando imaginar como seria feita uma tatuagem por meio da tecnologia.

As primeiras experiências da dupla foram em 2014, quando prenderam uma máquina de tatuar a uma impressora 3D. Na residência, eles trabalharam intensamente no projeto até chegar ao Tatoué, que funciona da seguinte forma: um scanner leva imagens em 3D da parte do corpo a ser tatuada a um programa de computador; a partir daí, o programa, já com um desenho pré-determinado, calcula como desenhar no membro; então, o braço robótico faz o trabalho. A máquina e as tintas são as mesmas usadas por tatuadores.

Mesmo com toda a tecnologia envolvida, uma pessoa fica responsável por controlar a velocidade do braço robótico, além de comandar um sistema de parada emergencial.

Será esse o modo de se fazer tatuagens no futuro?

Veja o Tatoué em ação no vídeo abaixo (em inglês):


Leia também