Lista: relembre cinco clipes que tratam de relações entre humanos e robôs

ROLLING STONE/OFERECIMENTO TIM Publicado em 13/06/2016, às 11h23 - Atualizado às 11h45

Assim como a literatura e o cinema, a música também é um meio para refletir sobre as relações entre homens e robôs e a nossa visão a respeito desse universo em constante desenvolvimento. Na lista abaixo, puxamos da memória cinco vídeos que tratam do assunto de diferentes maneiras.

Björk – “All Is Full of Love”

Lançado em 1999, esse não é apenas um clássico dos vídeos que visualmente representam robôs e humanos (ou, nesse caso, androides, que são robôs com formas humanas): é também aclamado como um dos melhores clipes de todos os tempos. Dirigido por Chris Cunningham, passou uma temporada sendo exibido no Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA.

Janelle Monáe – “Many Moons”

Os três principais trabalhos fonográficos de Janelle – o EP Metropolis: Suite I (The Chase) (2007) e os LPs The ArchAndroid (2010) e The Electric Lady (2013) – são conceituais. A história é construída ao redor da personagem Cindi Mayweather, uma androide que viaja no tempo. É justamente esse robô que Janelle interpreta no vídeo abaixo, tirado de Metropolis: Suite I.



Röyksopp com Robyn – “The Girl and the Robot”

O título da canção (“A Garota e o Robô”, em português) serviu de maneira literal para o clipe dessa parceria entre o duo norueguês de música eletrônica e a cantora sueca. A história mostra a paixão de Robyn por um robô que trabalha demais. Essa relação amorosa entre humanos e produtos da tecnologia foi explorada recentemente no ótimo filme Ela (2013), do diretor Spike Jonze.

Kraftwerk – “The Robots”

O grupo alemão foi um dos pioneiros da música eletrônica “comercial”, e sempre explorou a relação da humanidade com a tecnologia (quando vieram a São Paulo em 2012, por exemplo, fizeram um show com efeitos em 3D). Abaixo, você assiste a dois vídeos: o primeiro, lançado em 1978, que mostra a banda interpretando androides em alguns momentos; o segundo fez parte da mostra do MoMA dedicada ao Kraftwerk, em 2013.



David Hasselhoff – “True Survivor”

A música faz parte da trilha do curta Kung Fury e o vídeo conta com cenas do filme. Rodada graças à captação de recursos via crowdfunding, a obra do diretor, roteirista e ator David Sandberg promove uma verdadeira miscelânea de conceitos: tem dinossauro, fliperama que se transforma em um robô do mal, viagem no tempo, Adolf Hitler (e uma águia robótica) e, claro, kung fu.