Guia de CDs

Bandeira Negra

Armada

Bandeira Negra HeartBleedsBlue
  • Rolling  Stone:
    Whole StarWhole StarWhole StarEmpty StarEmpty Star
  • Imprimir
por Marcos Lauro
20 de Março de 2018
O quinteto Armada lança sua estreia em disco, mas já carrega uma longa história de mares navegados: quatro integrantes são ex-Blind Pigs, nome que marcou época no cenário punk/hardcore nacional por mais de 20 anos e terminou em 2006. E o debute tem pelo menos dois destaques bastante curiosos: em meio ao punk, um som à la Johnny Cash com ninguém menos do que um dos maiores nomes do sertanejo, Sergio Reis. Em “Próxima Estação”, ele interpreta uma letra bucólica sobre ferrovias e longas viagens de trem – a banda gravou o álbum no estúdio de Marcos Bavini, filho do sertanejo, o que facilitou a conexão. A outra curiosidade é a versão de uma música do Dicró, mas famosa na voz de Bezerra da Silva, com a participação de Kiko Zambianchi. “Cobra Criada” ganhou ares mais raivosos com a distorção do Armada. “1982” narra a derrota da seleção brasileira de futebol na Copa do Mundo da Espanha e mostra que futebol também é punk. Já em “Lisboa”, o vocalista Henrike Baliú narra o seu próprio casamento na capital lusitana e dá uma carga de romantismo ao trabalho.