Guia de CDs

Jonnata Doll e os Garotos Solventes

Jonnata Doll e os Garotos Solventes

Jonnata Doll e os Garotos Solventes Independente
  • Rolling  Stone:
    Whole StarWhole StarWhole StarEmpty StarEmpty Star
  • Imprimir
por PEDRO ANTUNES
15 de Maio de 2014
Sexo, drogas e rock são levados ao extremo por grupo cearense

Jonnata Doll viveu os extremos roqueiros como se frequentasse a Nova York do fim dos anos 1960. Isto está escancarado nas canções dilacerantes do disco de estreia da banda. Sob os comandos do produtor Yuri Calil (Cidadão Instigado) e acompanhado pelos Garotos Solventes, o vocalista faz um passeio pela história do punk nascido nos muquifos entorpecidos de heroína e cocaína da cidade norte-americana, explorando a selvageria dos Stooges e de Richard Hell, até o post-punk afogado em depressão de Smiths e Cure. Temas como pedofilia (“Senhor Walber”), vícios (“Garotos Selvagens”) e corações esmigalhados (“Eu Sempre Serei Aquele Cara”) são executados pela trupe de Fortaleza com intensidade e aparente conhecimento de causa.