Guia de CDs

Light My Fire

Eliane Elias

Light My Fire Concord/Universal
  • Rolling  Stone:
    Whole StarWhole Star1/2 StarEmpty StarEmpty Star
  • Imprimir
por PAULO CAVALCANTI
09 de Março de 2012
Cantora e pianista convoca Gilberto Gil para acrescentar molho em seu disco

Há cerca de três décadas Eliane Elias tem uma vida confortável nos Estados Unidos, tendo conquistado um público fiel com seu piano que transita entre o jazz e a bossa nova. De alguns anos para cá, Eliane vem colocando seus vocais agradáveis, mas pouco espetaculares à frente do piano em seus trabalhos, tentando ser uma Diana Krall mais pluralista e tropical. Light My Fire segue essa linha, uma tentativa de cobrir todas as bases. Tem regravação de Dorival Caymmi (“Rosa Morena”), Ary Barroso (“Isto Aqui É o Que É”), Dave Brubeck (“Take Five”) e, naturalmente, The Doors, na faixa-título. Gilberto Gil é arma secreta do álbum: ele aparece em três canções suas (“Aquele Abraço”, “Toda Menina Baiana” e “Bananeira”, esta em parceria com João Donato). Pode parecer uma overdose de Gil, mas a boa notícia é que o ex-ministro soa animado ao lado de Eliane. No entanto, ao ouvir essas maravilhas antigas de Gil na sequência, só fica explicito como anda fraca sua produção contemporânea.