John Wick – Um Novo Dia para Matar
Divulgação

John Wick – Um Novo Dia para Matar

Guias / DVDs - Hamilton Rosa Júnior Publicado em 12/08/2017, às 23h13 - Atualizado às 23h14

Em De volta ao Jogo (2014), um filhinho de papai da máfia russa rouba o Mustang de John Wick (Keanu Reeves) e mata o cachorro dele. O rapaz não sabia que Wick é um pistoleiro lendário, o Baba Yaga (Bicho Papão) temido pelos gângsteres. Resultado: Wick espalha dezenas de corpos pela tela. A contagem de cadáveres nesta sequência, John Wick – Um Novo Dia para Matar, extrapola a do primeiro filme. O raivoso assassino enfronha-se na multidão e enfrenta os bandidos em tiroteios precisos (nunca acerta um inocente). Atira para, no mínimo, aleijar os inimigos. A direção de Chad Stahelski tem um brilho inflamado, e é tudo maravilhosamente cinematográfico. Pouco importa a narrativa, já que as cenas de ação apresentam uma assombrosa quantidade de informações e enquadramentos meticulosos, o sufi ciente para garantir o entretenimento. Este novo capítulo mostra por que John Wick está se tornando uma franquia cultuada.

Fonte: Paris Filmes

Últimos Guias DVDs