As Boas Maneiras
Rui Pocas/Divulgação

As Boas Maneiras

Dirigido por Marco Dutra e Juliana Rojas

Guias / Filmes - Hamiltom Rosa Júnior Publicado em 22/06/2018, às 14h43 - Atualizado às 14h44

Este intrigante filme de terror caminha contra o evidente. Quando o público espera um susto, vem uma gag cômica; quando imagina o drama, entra um número musical. O desconcerto está no centro da trama, que envolve a garota rica grávida (Marjorie Estiano) morando em um apartamento de luxo em São Paulo e sua babá confiável (Isabél Zuaa). A personagem de Marjorie se revela uma mulher mimada e fora da realidade. Já a babá é a moça da periferia obrigada a tolerar a patroa. A relação entre as duas beira o artificial e se manteria assim, caso a criança, prestes a nascer, fosse comum. Os diretores flertam com a comédia, com o teatro de bonecos e com o trash. Parte do público pode torcer o nariz para essas sucessivas mudanças de tom, mas a proposta de As Boas Maneiras é bem amarrada, e em suas rupturas o filme se revela um documento dos bizarros contrassensos que regem o Brasil.

Últimos Guias Filmes