A Noite Devorou o Mundo
Laurent Champoussin/Divulgação

A Noite Devorou o Mundo

Dirigido por Dominique Rocher

Guias / Filmes - Hamilton Rosa Junior Publicado em 08/07/2018, às 20h12 - Atualizado às 20h22

O longa investe pouco nas cenas sanguinolentas e nos sustos baratos e muito na ambientação sinistra. O personagem central (Anders Danielson Lie) é o sujeito que dorme no meio de uma animada festa em um belo e amplo apartamento de Paris e acorda em uma realidade de apocalipse. Os zumbis tomaram a cidade luz e ele se vê ilhado no prédio como se fosse um Robinson Crusoé, perdido e solitário. As ruas estão tomadas, mas ele perambula pelos tetos dos prédios da cidade e invade apartamentos em busca de comida. O filme é minimalista, e a beleza reside na forma como o diretor trabalha com o silêncio e mistério. Há algumas cenas divertidas, como a tentativa do protagonista de fazer amizade com um morto-vivo faminto, preso em um elevador, ou a sequência em que ele percebe o nascimento de uma afeição entre um casal zumbi que ele prendeu no quarto. A obra perde um pouco da força na reta final. Mesmo assim, no gênero terror, é um trabalho diferente e bem digno.

Últimos Guias Filmes