Guia de HQs

Asterios Polyp

Asterios Polyp

David Mazzucchelli Quadrinhos na Cia.
  • Rolling  Stone:
    Whole StarWhole StarWhole StarWhole StarWhole Star
  • Imprimir
por PAULO TERRON
12 de Dezembro de 2011
Depois de dez anos de gestação, HQ existencial se revela como obra-prima

A história é conhecida entre os fãs de quadrinhos: frustrado com o trabalho em HQs de super-heróis, David Mazzucchelli passou 10 anos trabalhando em Asterios Polyp. O resultado final é o mais próximo que um desenhista-roteirista pode chegar da perfeição, com uma história tão detalhada e interessante quanto suas ilustrações modernistas. A HQ mostra a saga do personagem título, um arquiteto (ou, pelo menos, um teórico da profissão, trabalhando como professor) arrogante e metódico que parte em uma jornada existencial depois que o apartamento dele pega fogo. Em outra cidade e trabalhando como mecânico, ele enfrenta uma crise de identidade, enquanto Mazzucchelli viaja entre presente e passado para mostrar os caminhos e dicotomias que levaram Polyp àquele ponto. Mas não se engane, o autor não usa as desenhos de forma meramente ilustrativa: o grande trunfo deste volume é se aproveitar plenamente de seu meio, a história em quadrinhos. Alternando-se em estilos visuais e metáforas textuais, Mazzucchelli mostra que não passou uma década trabalhando à toa. Asterios Polyp é uma obra para ser lida, relida e apreciada inúmeras vezes, sempre com novas descobertas no meio do caminho.