Guia de Livros

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

Jack Thorne e John Tiffany Rocco
  • Rolling  Stone:
    Whole StarWhole StarWhole StarEmpty StarEmpty Star
  • Imprimir
por Stella Rodrigues
21 de Outubro de 2016
Os fãs sonharam com esse momento, mas nunca acharam que ele chegaria: um livro novinho englobando o universo de Harry Potter. Mas se tem algo que aprendemos com J.K. Rowling é que a magia destinada a trazer alguém de volta da morte é insatisfatória. Foi o que aconteceu como o texto da peça A Criança Amaldiçoada. Seria fácil dispensar a obra como uma espécie de fan fiction sancionada por J.K. O texto da peça de enorme sucesso dá a sensação de que um fã bastante dedicado fez a lição de casa direitinho, mas não tinha a voz da autora. Apesar disso, é delicioso ter um vislumbre da fase adulta do personagem. Ele triunfou, mas os perigos do mundo bruxo não acabaram. Mais de duas décadas depois, quem vive as aventuras é a nova geração: Albus, filho de Harry, fica melhor amigo de Escórpio Malfoy (um excelente alívio cômico), filho do nêmesis de Harry na época de escola, Draco, e os garotos têm dificuldade de lidar com o legado de suas famílias. Mesmo não sendo obra de J.K., o livro nos dá ótimas oportunidades de revisitar os acontecimentos vividos por Harry, Hermione e Ron.