Verdade Tropical
Reprodução

Verdade Tropical

Caetano Veloso

Guias / Livros - José Flávio Júnior Publicado em 17/01/2018, às 13h41 - Atualizado às 13h42

Apesar de pouco divulgada, a reedição de Verdade Tropical merece atenção. O relato biográfico com rompantes ensaísticos foi publicado em 1997, após Caetano ser convencido por um editor norte-americano de que a história do tropicalismo renderia um livro. Valendo-se de sua memória privilegiada e da inclinação para o didatismo, o baiano urdiu documento importante sobre o período (e além), tendo êxito no capítulo “Narciso em Férias” – sobre os meses em que permaneceu detido pelo regime militar. A cereja do bolo na nova edição é o longo capítulo “Carmen Miranda Não Sabia Sambar”, escrito pelo músico 20 anos depois, no intuito de reparar erros e revelar sentimentos que teve logo após o lançamento da obra. Descobrimos, por exemplo, que Caetano teve depressão e sentiu vontade de se matar à época, algo remediado com a adoção do Rivotril, uma vez que o Vallium teve efeito de Viagra em seu organismo.

Fonte: Companhia das Letras

Últimos Guias Livros