Guia de Livros

Viva la Vida Tosca

Viva la Vida Tosca

João Gordo e André Barcinski Darkside
  • Rolling  Stone:
    Whole StarWhole StarWhole Star1/2 StarEmpty Star
  • Imprimir
por Paulo Cavalcanti
21 de Novembro de 2016
Cantor e apresentador relembra trajetória, do underground à exposição na televisão

João Gordo é hoje uma personalidade multimídia, cuja figura pública foi moldada nos anos em que atuou em diversos programas da MTV. Mas, quando atuava apenas como vocalista da banda punk Ratos de Porão, ninguém além do underground sabia quem ele era. No começo de tudo, Gordo não passava de um jovem de classe média baixa da zona norte de São Paulo sem nenhuma perspectiva. Agora com 52 anos, o sujeito que nasceu com o nome João Francisco Benedan vê esses diferentes aspectos convergirem nesta autobiografia.

O que torna Viva la Vida Tosca imperdível é o modo como o jornalista André Barcinski consegue colocar em palavras todo o escracho do biografado. Nada é sagrado ou poupado. O artista detalha os problemas com as drogas e as incontáveis roubadas em que se meteu. É uma viagem pelo lado amalucado do show business brasileiro, mas também um inusitado relato de triunfo pessoal. Ele não só deixou a marca no rock nacional; também viajou pelo planeta, se divertiu como nunca e interagiu com todo mundo. Hoje, é pai de família, quase vegano e, do jeito dele, um cidadão responsável. Mas segue como um cara original e surpreendentemente punk.