“Perdemos uma mente realmente bonita”, diz Eddie Redmayne sobre Stephen Hawking

Ator interpretou o cientista no cinema; veja outras reações de famosos à morte do físico britânico
  • Imprimir
por Redação
14 de Março de 2018 às 11:28

A notícia da morte de Stephen Hawking tem causado comoção não apenas na comunidade científica, mas também entre nomes famosos de Hollywood. O físico britânico teve a morte divulgada pela família nesta quarta-feira, 14. Ele tinha 76 anos de idade e morreu devido às complicações geradas pela doença degenerativa esclerose lateral amiotrófica (ELA). Diversas celebridades usaram as redes sociais para lamentar a morte de Hawking.

O ator Eddie Redmayne, em depoimento à revista People, disse ter sido um prazer ter conhecido Hawking. “Perdemos uma mente realmente bonita, um cientista surpreendente e o homem mais divertido que eu tive o prazer de conhecer. Meu amor e meus pensamentos estão com essa extraordinária família”. A vida do físico foi retratada no filme A Teoria de Tudo, de 2014, e rendeu o Oscar de Melhor Ator a Redmayne na premiação de 2015.

Benedict Cumberbatch, ator britânico, prestou condolências por meio de uma declaração oficial. “Me sinto sortudo em ter conhecido um homem tão incrível, cuja profundidade esteve tanto em seu trabalho quanto na comunicação dele. Tanto pessoalmente quanto nos livros. Mando meu amor e condolências para toda a sua família e colegas.” Cumberbatch interpretou Stephen Hawking no filme feito para a TV Hawking, da BBC.

Veja mais reações abaixo.


“A passagem dele deixou um vácuo intelectual em seu rastro. Mas não está vazio. Pense nisso como uma espécie de energia de vácuo que permeia o tecido do espaço-tempo que desafia a medida. Stephen Hawking, descanse em paz 1942-2018", escreveu o astrofísico Neil deGrasse Tyson.



“Ele inspirou gerações a olharem além do nosso planeta azul e expandirem nosso entendimento do universo. Sua personalidade e o genialidade serão sentidas falta. Meus sentimentos à família. Stephen Hawking morreu aos 76 anos”, escreveu Tim Peake, astronauta.


"O professor Stephen Hawking foi um excelente cientista e acadêmico. Sua força e tenacidade inspiraram pessoas em todo o mundo. A sua morte é angustiante. O trabalho pioneiro do professor Hawking tornou nosso mundo um lugar melhor. Que sua alma descanse em paz", lamentou Narendra Modi, primeiro-ministro indiano.


“Nosso mundo perdeu uma brilhante luz. Stephen Hawking definiu inspiração. Abençoado com uma mente brilhante e uma graça incomum, ele abriu tantas mentes para as maravilhas do nosso universo. Corajoso e desenfreado pela adversidade, ele acreditava profundamente na razão do poder. Que ele descanse em paz.”, lamentou Dan Rather, jornalista americano.



"Uma vez perguntei a Stephen Hawking em uma entrevista o que mais o enlaça em todo o universo. 'Mulheres', ele respondeu. Ele fará falta. Descanse em paz", lamentou Larry King, jornalista.



"O professor Stephen Hawking era uma mente brilhante e extraordinária – um dos grandes cientistas de sua geração. Sua coragem, humor e determinação para tirar o máximo proveito da vida foi uma inspiração. Seu legado não será esquecido", declarou Theresa May, primeira-ministra britânica.



"Suas teorias desbloquearam um universo de possibilidades que nós e o mundo estamos explorando. Pode continuar voando como Superman em micro-gravidade, como você disse aos astronautas no @Space Station em 2014", publicou a NASA, em sua página oficial.



"Descanse em paz Stephen Hawking. Estou genuinamente muito triste de saber da morte dele. Se você não leu, leia Uma Breve História do Tempo. Ele vai fazer o mundo parecer ainda mais incrível, bonito e estranho. E ele ainda vai te fazer se sentir inteligente e estúpido de uma só vez”, escreveu Kumail Nanjiani, comediante.



Recomendadas