Após 46 anos, Yoko Ono é creditada como compositora de “Imagine” ao lado de John Lennon

A decisão da National Music Publishers Association reflete os desejos expressados pelo falecido Beatle em 1980

Redação Publicado em 15/06/2017, às 11h41 - Atualizado às 13h35

John Lennon e a esposa Yoko Ono, em protesto contra a Guerra do Vietnã, em um hotel de Amsterdam, na Holanda, em março de 1969.

Ver Galeria
(2 imagens)

Após 46 do lançamento de “Imagine”, de John Lennon, a esposa e colaboradora dele, Yoko Ono, foi oficialmente creditada como cocompositora da música.

Segundo a informação publicada pela Variety, a National Music Publishers Association fez um anúncio durante uma festa de gala em homenagem a Yoko em Nova York, Estados Unidos, na última quarta, 14. Além do crédito pela composição da música, Yoko recebeu o prêmio Centennial Song, oferecido pela organização.

LEIA TAMBÉM

Veja 10 momentos marcantes do casal John Lennon e Yoko Ono

Yoko Ono produz filme sobre o relacionamento dela com John Lennon

As grandes parcerias de John Lennon no “além-Beatles”

David Israelite, o CEO da NMPA, afirmou que a decisão da organização reflete os desejos que o próprio John Lennon tinha. Israelite mencionou uma entrevista de Lennon em 1980 em que ele creditava Yoko como influência e inspiração para canção.

A decisão da NMPA também representa grandes mudanças para os direitos em cima de “Imagine”. De acordo com a Variety, uma música se torna domínio público depois de 70 anos da morte do último criador dela. A adição de Yoko significa que a os direitos autorais foram estendidos por, no mínimo, 37 anos, considerando que Lennon morreu em 1980. Pode levar mais um século antes que “Imagine” seja domínio público.