Bruce Springsteen homenageia músico morto durante o regime militar no Chile; assista

The Boss e a E Street Band estão prestes a chegar ao Brasil, para apresentações em São Paulo e no festival carioca Rock in Rio
  • Imprimir
Bruce Springsteen
Divulgação / Danny Clinch
por Rolling Stone EUA
13 de Set. de 2013 às 13:20

Bruce Springsteen e a E Street Band deram início à última parte da Wrecking Ball Tour na noite desta quinta-feira, 12, em Santiago, capital chilena, no primeiro show na América do Sul desde 1998, com a turnê Amnesty International Human Rights Now!. Por coincidência, foi a apresentação foi realizada no mesmo dia em que se registrava os 40 anos do golpe militar chileno, em 1973, que levou o general Augusto Pinochet ao poder e dando início a um capítulo sombrio e violento na história do país.

15 músicas insanamente incríveis de Bruce Springsteen que você nunca ouviu.

O set principal do show foi, em grande parte, indistinguível de outras datas da turnê, mas quando Bruce voltou ao palco para o bis, ele falou ao público, em espanhol. “Em 1988, nós tocamos pela Amnesty International em Mendoza, na Argentina, mas o Chile estava nos nossos corações”, disse ele. “Nós conhecemos muitas famílias cujos parentes estão desaparecidos [por culpa do golpe militar], que ainda tem fotografias dos seus bem-queridos . Foi um momento em que ficará comigo para sempre. O músico político Victor Jara permanece como uma grande inspiração. É um presente estar aqui e seguirei com humildade”.

Bruce Springsteen pede copos e talheres biodegradáveis para camarim em São Paulo.

Jara foi torturado e morto imediatamente após o colpe militar. Uma das últimas canções escritas por ele, “Manifiesto” foi executada por Bruce Springsteen na versão original, em espanhol. Ele seguiu então para “We Are Alive”, uma canção sobre a recuperação espiritual dos norte-americanos após o devastador colapso econômico dos últimos cinco anos, mas que ganhou um novo sentido neste show.

A turnê de Bruce continua na próxima semana com shows em Buenos Aires (Argentina), São Paulo (leia mais aqui) e chega ao fim como atração principal que encerrará uma das noites do Rock in Rio.

O guia da Rolling Stone Brasil para o Rock in Rio.

Veja a programação completa do festival:

Palco Mundo
Dia 13
Especial: “Cazuza, o poeta está vivo” (18h30 às 19h30)
Ivete Sangalo (20h30 às 21h30)
David Guetta (22h10 às 23h25)
Beyoncé (00h05 às 01h50)

Dia 14
Capital Inicial (18h30 às 19h30)
30 Seconds to Mars (20h30 às 21h30)
Florence and The Machine (22h10 às 23h25)
Muse (00h05 às 01h50)

Dia 15
Jota Quest (18h30 às 19h30)
Jessie J (20h30 às 21h30)
Alicia Keys (22h10 às 23h25)
Justin Timberlake (00h05 às 01h50)

Dia 19
Sepultura e Tambours du Bronx (18h30 às 19h30)
Ghost (20h30 às 21h30)
Alice in Chains (22h10 às 23h25)
Metallica (00h05 às 01h50)

Dia 20
Frejat (18h30 às 19h30)
Matchbox Twenty (20h30 às 21h30)
Nickelback (22h10 às 23h25) Bon Jovi (00h05 às 01h50)

Dia 21
Skank (18h30 às 19h30)
Phillip Phillips (20h30 às 21h30)
John Mayer (22h10 às 23h25)
Bruce Springsteen & The E Street Band (00h05 às 01h50)

Dia 22
Kiara Rocks (18h30 às 19h30)
Slayer (20h30 às 21h30)
Avenged Sevenfold (22h10 às 23h25)
Iron Maiden (00h05 às 01h50)

Palco Sunset
Dia 13
Orelha Negra + Renegado (14h40 às 15h30)
Vintage Trouble + Jesuton (16h às 17h) Maria Rita + Selah Sue (17h30 às 18h30) Living Colour + Angelique Kidjo (19h30 às 20h30)

Dia 14
Autoramas + Bnegão (14h40 às 15h30)
Marky Ramone + Michael Graves (16h às 17h)
Viva a Raul Seixas: Detonautas + Zeca Baleiro (17h30 às 18h30)
The Offspring (19h30 às 20h30)
Saints of Valory (21h30 às 22h10)

Dia 15
The Black Mamba + Aurea (14h40 às 15h30)
Nando Reis + Samuel Rosa (16h às 17h)
Kimbra + Olodum (17h30 às 18h30)

Dia 19
Republica + Dr. Sin + Roy Z (14h40 às 15h30)
Almah + Hibria (16h às 17h)
Sebastian Bach (17h30 às 18h30)
Rob Zombie (19h30 às 20h30)
Dia 20
The Gift + AfroLata (14h40 às 15h30)
Mallu Magalhães + Banda Ouro Negro (16h às 17h)
Grace Potter and The Nocturnals + Donovon Frankenreiter (17h30 às 18h30)
Ben Harper + Charlie Musselwhite (19h30 às 20h30)

Dia 21
Orquestra Imperial + Lorenzo Jovanotti (14h40 às 15h30)
Moraes Moreira + Pepeu Gomes + Roberta Sá (16h às 17h)
Ivo Meirelles + Fernanda Abreu + Elba Ramalho (17h30 às 18h30)
Gogol Bordello + Lenine (19h30 às 20h30)

Dia 22
Viper + André Matos (14h40 às 15h30)
Destruction + Krisiun (16h às 17h)
Helloween + Kai Hansen (17h30 às 18h30)
Sepultura + Zé Ramalho (19h30 às 20h30)

Palco Eletrônica
Dia 13
Sweet Beats (22h30 às 23h30)
Ask 2 Quit Live (23h30 às 00h30)
Life is as Loop (00h30 às 01h30)
Otto Knows (01h30 às 3h)

Dia 14
Paula Chalup (22h30 às 23h20)
Maurício Lopes (23h20 às 00h10)
Mau Mau (00h10 às 01h05)
Anderson Noise (01h às 01h55)
Vitalic Live (01h55 às 3h)

Dia 15
J Harvey (22h30 às 23h45)
Triple Crown (23h45 às 00h30)
Wehbba (00h30 às 01h15)
dOp (01h15 às 2h15)
Renato Ratier (02h15 às 3h)

Dia 19
DJ Ride (22h30 às 23h30)
DJ Renato Cohen (23h30 às 00h30)
Brodinski (00h30 às 01h45)
Gesaffelstein (01h45 às 3h)

Dia 20
Ferris (22h30 às 23h30)
Rodrigo Vieira (23h30 às 00h30) Dexterz (00h30 às 01h30)
Paul Oakenfold (01h30 às 3h)

Dia 21
Flow & Zeo (01h30 às 3h)
DJ Vibe (23h30 às 00h30)
Guti (00h30 às 1h30)
Loco Dice (01h30 às 3h)

Dia 22
boTECO (22h30 às 23h10)
Maximum Headrum (23h10 às 23h55)
DJ Marky (23h55 às 00h55)
Tiga (00h55 às 2h)
Felguk (2h às 3h)

Recomendadas