Chance the Rapper: “Trump fala como se fosse declarar Guerra a Chicago”

Em entrevista recente, o rapper disse que está cansado das pessoas se referirem à cidade dele como um “país de terceiro mundo”
  • Imprimir
Chance the Rapper
Amy Harris/AP
por Rolling Stone EUA
16 de Fev. de 2017 às 18:26

Em uma entrevista recente (assista abaixo) realizada ao lado do astro do Chicago Bulls Jimmy Butler, Chance the Rapper comentou e criticou um tuíte postado por Donald Trump em janeiro, no qual ele fala sobre “mandar os federais” para resolver o problema de violência em Chicago.

"Parece que ele está anunciado que vai entrar em guerra contra Chicago", disse. "Eu espero que ele esteja querendo dizer que, de um ponto de vista federal, ele consiga ajudar na greve dos professores e nas questões da união. Eu não gosto de pensar que ele disse o que ele quis dizer e vice-versa.”

O rapper, cujo pai, Ken Bennet, tem um cargo público na prefeitura da cidade, afirmou ainda estar cansado das pessoas tratarem a cidade como se ela fosse um “país de terceiro mundo”, em vez de um “lugar com comércio efervescente e um bem-sucedido centro financeiro.”

O jogador também deu seu parecer sobre os comentários de Trump. “Em vez de virem aqui e tentarem fazer as coisas do seu jeito, por que você não tenta se colocar no lugar dessas pessoas?”, perguntou. “Por que você não ajuda? Você deveria ir lá e viver a vida que eles têm que viver, você tem que sentir na pele o que eles sentem e então você verá que tudo isso é muito mais difícil do que você imagina.”

Assista abaixo à entrevista com o jogador e o rapper.