Dave Grohl explica referências e conta histórias por trás de “I Am a River”

Faixa de encerramento de Sonic Highways trata de rio nova-iorquino
  • Imprimir
por Rolling Stone EUA
30 de Dez. de 2014 às 13:13

O disco Sonic Highways, do Foo Fighters, está cheio de referencias às cenas musicais de cada uma das oito cidades nas quais a banda compôs e gravou o oitavo álbum da carreira. Muitas delas foram detalhadas na série homônima da HBO, mas Dave Grohl deu uma visão mais profunda da faixa de encerramento “I Am a River” para a websérie “How I Wrote That Song”, do programa The Tonight Show.

Foo Fighters: um guia faixa a faixa de Sonic Highways.

No vídeo – assista abaixo –, o frontman explica como, em cada cidade, ele passou os primeiros dias tocando no estúdio com a banda e gravando entrevistas com personalidades locais à noite. Por volta do quinto dia, Grohl recolhia as transcrições das entrevistas e selecionava palavras ou frases chave, escrevendo-as no caderno dele ao lado do esboço da canção.

Acompanhante de luxo: as mais emblemáticas parcerias de Dave Grohl.

“Eu meio que cortava, colava e ia encaixando”, disse. “Então, no dia seguinte eu cantava os novos versos, e aquilo deveria representar a semana inteira que estivemos lá, contando as histórias das pessoas que conversaram comigo.”

Escrita em Nova York, “I Am a River” possui intricadas referências à vibrante história musical da cidade, bem como à própria cidade. Por exemplo, o primeiro verso – “I found a secret behind a Soho door” – é uma citação implícita à entrada do famoso estúdio Magic Shop, e o rio do título se refere ao Minetta Creek, que, na verdade, corre por baixo de Nova York.

Galeria: veja oito bateristas que se cansaram de ficar escondidos no palco e se tornaram guitarristas.

“Essa música é majoritariamente sobre isso, esse rio que passa por baixo da cidade”, explica Grohl. “Achei que era uma bonita a ideia de que há algo natural e pré-histórico correndo embaixo de algo tão monolítico e futurista quanto a cidade de Nova York. E talvez estejamos todos conectados por algo como isso.”

Lembre como foi o show do Foo Fighters no Lollapalooza brasil de 2012..

Ghrol e companhia tocaram “I Am a River” durante a passagem deles pelo Tonight Show, com ajuda de uma orquestra, levando a canção para um encerramento bombástico – assista aqui.

Abaixo, veja a entrevista em que o vocalista e guitarrista explica as referências de “I Am a River”.

Foo Fighters no Brasil
O Foo Fighters toca em Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro e Belo Horizonte com a turnê do mais recente disco, Sonic Highways, lançado no último mês de novembro. A excursão pelo Brasil também conta com shows de abertura do Kaiser Chiefs em todas as quatro cidades por onde a banda de Dave Grohl passará. O grupo inglês divulga o álbum Education, Education, Education & War, lançado este ano.

Porto Alegre
Dia 21 de janeiro, quarta-feira, às 21h

Estacionamento da FIERGS - Av. Assis Brasil, 8787 – Sarandi
Preços: R$ 110 a R$ 450
Ingressos: Em pontos de venda ( lista aqui) e online (aqui).

São Paulo
Dia 23 de janeiro, sexta-feira, às 21h

Estádio do Morumbi - Praça Roberto Gomes Pedrosa, s/n
Preços: R$ 100 a R$ 640
Ingressos: Em pontos de venda ( lista aqui) e online (aqui).

Rio de Janeiro
Dia 25 de janeiro, domingo, às 20h

Estádio do Maracanã - Rua Professor Eurico Rabelo, Maracanã
Preços: R$ 100 a R$ 600
Ingressos: Em pontos de venda ( lista aqui) e online (aqui).

Belo Horizonte
Dia 28 de janeiro, quarta-feira, às 21h

Esplanada do Mineirão – Av. Antônio Abrahão Caram, 1001 – Pampulha, Belo Horizonte/MG
Preços: R$ 150 a R$ 600
Ingressos: Em pontos de venda ( lista aqui) e online (aqui)

Recomendadas

Multimídia