Muito ocupado? No Twitter, Donald Glover tira sarro de ter sido “culpado” pelo cancelamento da série animada de Deadpool

Astro de Atlanta negou de maneira provocativa e bem-humorada a informação do canal FX de que ele não teria tempo para continuar trabalhando na produção
  • Imprimir
por Redação
28 de Março de 2018 às 13:30

O ator Donald Glover, na manhã desta quarta-feira, 28, publicou nas redes sociais 15 páginas do roteiro da série animada Deadpool, do canal a cabo FX. Foi anunciado, no último final de semana, que a produção seria cancelada e que Donald e o irmão, Stephen Glover, não estariam mais envolvidos com a série. O canal alegou “divergências criativas”.

Os irmãos são responsáveis pela produção da aclamada série Atlanta, também do FX, e ganhadora de um prêmio Emmy. Há informações de que, para os produtores, Glover estava “ocupado demais” para conseguir realizar a animação, conciliar Atlanta, o filme Han Solo (spin-off de Star Wars, que tem ele no elenco) e a turnê de Childish Gambino, a iniciativa musical de Glover.

Entretanto, com a divulgação do cancelamento da série, o próprio Donald Glover resolveu se pronunciar e desmentir a informação de que ele estaria com dificuldades de se adequar a todos os projetos.


“Para registro: eu não estava muito ocupado para trabalhar em Deadpool”, disse Donald Glover no Twitter.

O roteiro escrito por Donald Glover e publicado por ele mostra o anti-herói da Marvel na África, protegendo o último rinoceronte branco macho, o Sudan, que morreu dias atrás. Se questionando o porquê da série animada ter sido cancelada, Deadpool pergunta ao rinoceronte: “Você acha que foi pelas coisas que eu disse da Marvel? Tudo o que eu disse foi que a Marvel estava tentando vender brinquedos para meninos de sete anos de idade e pedófilos de 50 anos.” O personagem admite que “talvez não seja a melhor hora para ter um homem branco amantes de armas reclamando na TV”, e ainda pergunta: “Você acha que eles cancelaram o programa por causa do racismo?”, Deadpool acrescenta. “Todos os escritores são negros, as referências também eram bastante negras. Ouvi dizer que a produção pagava comida jamaicana pelo menos uma vez por semana.” Depois, o personagem diz: “Parece que todo mundo quer algo diferente, mas ninguém realmente faz algo diferente. A Marvel já não tem séries boas para minorias, mas que ninguém assiste? Quer dizer, eu acho que seria engraçado um lugar onde eu posso ser honesto.”


















Recomendadas