Donald Trump reage ao discurso de Meryl Streep: “Uma das atrizes mais superestimadas de Hollywood”

Durante a cerimônia do Globo de Ouro, a atriz fez um incisivo discurso desaprovando a postura do recém-eleito presidente norte-americano
  • Imprimir
por Rolling Stone EUA
9 de Jan. de 2017 às 13:31

Na noite do último domingo, 8, aconteceu a 74ª edição anual do Globo de Ouro, em Los Angeles, nos Estados Unidos. A premiação, que inclui categorias tanto de filmes quanto de séries, foi permeada por críticas pontuais ao recém-eleito presidente norte-americano Donald Trump.

Na ocasião, Jimmy Fallon – que este ano ficou a cargo de apresentar o evento – comparou o empresário ao Rei Joffrey, personagem de Game of Thrones. “Muitas pessoas imaginaram como seria se Joffrey tivesse vivido. Bem, dentro de 12 dias nós descobriremos.” Leia a nossa cobertura completa da premiação.

LEIA TAMBÉM
Veja como foi o Globo de Ouro de 2017
Assista ao tributo do Globo de Ouro a Carrie Fisher e Debbie Reynolds
[Lista] Os dez melhores momentos do Globo de Ouro 2017

Além de Fallon, a atriz Meryl Streep fez um extenso e incisivo discurso criticando as posições conservadoras e as atitudes controversas do ex-apresentador do reality show The Apprentice. Com oito prêmios e 29 indicações no Globo de Ouro, Meryl foi ao microfone para ser glorificada pela carreira cinematográfica. Aproveitando a ocasião, a veterana de Hollywood pontuou diversas críticas ao empresário e político.

Em resposta ao discurso, Trump disse não estar surpreso com o discurso da atriz durante a cerimônia. Segundo o The New York Times, o presidente eleito chamou Meryl de “superestimada”, ressaltando ainda “desprezar esses atores liberais”.

Durante o discurso, Meryl começou defendendo a liberdade e o respeito à imprensa e se referiu a um episódio recente em que Trump fez piada com um jornalista deficiente: “A violência incita a violência. O desrespeito gera o desrespeito. Se alguém usa sua posição para fazer bullying, todos nós perdemos”. “Peço que ajudemos a proteger os jornalistas, porque precisamos deles mais do que nunca”, acrescentou. Veja abaixo o vídeo em que Trump ironiza o repórter.

No entanto, ele negou ter feito piada com o jornalista. “Eu nunca tirei sarro de ninguém”, ele disse, argumentando que o profissional tentou se distanciar de um artigo escrito em setembro de 2001 sobre os então recentes ataques terroristas ao World Trade Center. “Eu estava só tentando chamar atenção para um repórter que ficou nervoso por ter mudado a história que ele mesmo escreveu.”

“As pessoas continuam dizendo que eu tentei ridicularizar a deficiência dele, como se a Meryl Streep e os outros fossem capazes de ler minha mente”, continuou Trump, apontando ainda que Meryl apoiava veementemente a candidatura de Hillary Clinton, tendo a introduzido durante a Convenção Nacional do Partido Democrata, em julho passado.

Durante o discurso, Meryl também foi incisiva ao tratar de estrangeiros, alvos de Trump, que prometeu construir um muro entre Estados Unidos e México e deportar três milhões de imigrantes. “O que é Hollywood senão um monte de gente de vários lugares?”, disse, antes de citar as origens diversas de alguns atores ali presentes e de proferir o gancho mais marcante de toda a fala: “Hollywood está repleta de forasteiros e estrangeiros, e se você nos mandar embora, você não terá nada para assistir, exceto futebol e MMA, que não são arte.”

Nesta segunda-feira, 9, Trump ainda destilou pela manhã, via Twitter, comentários ácidos contra Meryl Streep. “Ela é uma das atrizes mais superestimadas de Hollywood”. Ele ainda fez questão de criticar a “mídia desonesta”, que teria tomado partido da atriz veterana.


Apesar das críticas durante o evento em Los Angeles, Trump disse ao jornal estar aguardando ver a elite de Hollywood na cerimônia da inauguração do mandato dele. “Teremos uma inacreditável inauguração, que talvez até quebre recordes, com inúmeras estrelas do entretenimento e do cinema”, declarou. “Todos os vestidos das lojas de Washington foram vendidos. Vai ser difícil achar uma boa roupa para poder usar durante a tomada de posse.”

Assista abaixo ao discurso de Meryl Streep durante a cerimônia do Globo de Ouro.

Recomendadas