Filme sobre Coringa produzido por Martin Scorsese mira em Leonardo DiCaprio, diz site

Segundo o Hollywood Reporter, a Warner Brothers pretende ter o ator vencedor de Oscar no papel principal
  • Imprimir
por Redação
1 de Set. de 2017 às 12:48

O novo filme sobre a origem do Coringa, infame inimigo do Batman, pode ter Leonardo DiCaprio no papel principal. As informações são do site norte-americano The Hollywood Reporter.

De acordo com a publicação, a Warner Brothers chamou o veterano cineasta Martin Scorsese para o posto de produtor afim de facilitar um acordo com DiCaprio para o papel. Ainda sem título, o filme tem direção de Todd Phillips (Se Beber, Não Case!), que coescreve o roteiro ao lado de Scott Silver, roteirista de 8 Mile: Rua das Ilusões.

As maquiagens que transformaram atores no cinema

A ideia de ter Leonardo DiCaprio para interpretar o Coringa é uma tentativa da Warner de produzir um filme de super-herói que possa ser reconhecido pela crítica e em premiações. Um exemplo disso é a trilogia Batman: O Cavaleiro das Trevas, da década passada, que foi protagonizada por Christopher Nolan.

O filme, ainda sem título, deve ser ambientado em Gotham City durante os anos 1980 e mostrar como o Coringa se transformou em um criminoso. O longa seria uma espécie de drama, fugindo do modelo clássico de filmes baseados em HQs. Segundo a Variety, essa mudança na estética foi crucial para garantir o envolvimento de Scorsese e, potencialmente, DiCaprio.

O Coringa já foi interpretado por Jack Nicholson, Heath Ledger e, recentemente, Jared Leto. Leto viveu o vilão no primeiro filme do Esquadrão Suicida e deve reprisar o papel na sequência, além de um spin-off sobre a Arlequina.

A Warner Bros e a DC Comics ainda planejam utilizar o longa sobre a origem do Coringa como uma catapulta para uma nova série de filmes que permitam a expansão do universo de super-heróis com histórias únicas e atores diferentes interpretando os personagens clássicos.

Apesar de Phillips ser mais conhecido por suas comédias, que incluem Dias Incríveis e Caindo na Estrada, além da trilogia de Se Beber, Não Case!, o filme mais recente dele, Cães de Guerra, foi uma produção recheada de ação sobre dois negociantes de armas. O roteirista Silver, por sua vez, foi indicado ao Oscar por ter escrito o drama de 2010 O Vencedor, enquanto o próximo filme dele, White Boy Rick, contará a história de um adolescente que se torna um informante para o FBI.

Recomendadas