Iara Rennó lança clipe que exalta o empoderamento e a liberação sexual feminina; assista em primeira mão “Mama-me”

Além da cantora, estrelam o videoclipe Alice Ruiz, Bárbara Eugenia e Assucena Assucena (do grupo As Bahias e A Cozinha Mineira)
  • Imprimir
por Redação
14 de Julho de 2016 às 17:13

Depois de lançar o livro de poemas eróticos Língua Brasa Carne Flor (2015), a cantora e compositora Iara Rennó divulga – com exclusividade pela Rolling Stone Brasil – o videoclipe da canção “Mama-me”.

Com direção de Milena Correia, da Rústica Produções, o vídeo traz à cena gente como a poeta Alice Ruiz, as cantoras e compositoras Bárbara Eugenia, Juliana Perdigão e Assucena Assucena, do grupo As Bahias e A Cozinha Mineira.

“A música ‘Mama-me’ nasceu de um poema do livro Língua Brasa Carne Flor”, explica Iara. “Com essa aventura literária, abri para o mundo o que sinto como erotismo. E como ainda hoje uma mulher dizer pornografias e exaltar o prazer significa quebrar o protocolo da 'bela, recatada e do lar', eu vi que, mesmo só querendo o prazer, tinha levantado essa bandeira da liberdade e da subversão”, completa.

A canção abre o disco Arco e Flecha, mais recente trabalho dela. Além da banda de apoio de Iara (que é formada por Mariá Portugal e Maria Beraldo Bastos) participaram da composição do álbum o músico Curumin, o grupo Bixiga 70 e as cantoras e compositoras Ava Rocha e Mãeana.

“O disco Arco é, sobretudo, um grito pelo empoderamento e pela liberação sexual”, declara Iara. “É um disco pela libertação da mulher, para que se esgote esse preconceito e esse tabu, nem que seja de tanto o povo ver peitos nus!”

Assista abaixo, em primeira mão, ao clipe de “Mama-me”.


Recomendadas