Inquérito revela que morte de Dolores O’Riordan foi um “acidente trágico”

A vocalista do Cranberries morreu afogada na banheira após intoxicação alcoólica

Rolling Stone EUA Publicado em 06/09/2018, às 11h52 - Atualizado às 12h11

Dolores O'Riordan, vocalista do The Cranberries
AP/Luca Bruno

Em uma nota publicada nesta quinta, 6, o site da BBC divulgou a causa da morte de Dolores O'Riordan. Um inquérito revelou que a vocalista do Cranberries morreu afogada na banheira após beber excessivamente. Segundo um especialista, ela não exibia qualquer sinal de auto-flagelação.

De acordo com os oficiais responsáveis pela investigação, várias garrafas de bebidas alcoólicas foram encontradas no quarto de hotel em Londres, onde ela estava hospedada, assim como recipientes de medicamentos que ela tomava sob controle médico. O relatório toxicológico mostrou que a quantia de remédios encontrada no sangue da cantora representam doses "terapêuticas".

Os membros do Cranberries publicaram uma declaração dizendo que "Dolores viverá eternamente em sua música. Ver todo o impacto positivo que ela teve na vida das pessoas tem sido um grande conforto para nós."

Em 19 de outubro a banda vai lançar uma edição comemorativa de 25 de Everybody Else Is Doing It, So Why Can’t We?, álbum de estreia do grupo irlandês.

Dolores morreu em 15 de janeiro, aos 46 anos.