Inscrições para festival GBOB Brasil começam nesta terça-feira, 1º de junho

Banda vencedora representará o país pela primeira vez na final internacional; prêmio envolve turnê no Reino Unido, gravação em estúdio londrino, US$ 10 mil e marketing internacional
  • Imprimir
por Da redação
1 de Junho de 2010 às 11:55

Pela primeira vez, o festival GBOB - The Global Battle of the Bands - chega ao Brasil. O GBOB Brasil, que abre inscrições para a primeira fase nesta terça-feira, 1º de junho, promove etapas seletivas em cinco capitais: Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Recife e Salvador. A banda vencedora representará o país na final internacional da competição, que acontece em dezembro, em Londres. As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de junho ou quando for preenchido o limite de vagas.

Pode participar do festival qualquer banda independente que apresentar músicas autorais e inéditas. Os participantes concorrem ao prêmio de US$ 100 mil, que será dividido em uma turnê de dez datas pelo Reino Unido, uma semana de gravação em um estúdio em Londres, US$ 10 mil em dinheiro, além do serviço de marketing internacional.

Para concorrer, cada banda deve preencher o formulário de inscrição no site oficial da GBOB Brasil e pagar a taxa de R$ 50 por integrante. No processo de inscrição, as bandas escolhem a cidade em que preferem tocar. Cada grupo terá direito a dez minutos de apresentação e poderá tocar até duas músicas de sua autoria.

As fases eliminatórias do festival no Brasil - única etapa do GBOB na América Latina - acontecerão entre os meses de agosto e outubro, com shows em diversos locais nas cinco capitais. As apresentações serão julgadas por profissionais especializados, mas público também terá direito a voto, com 50% de poder na decisão. A final será em novembro, no Circo Voador, Rio de Janeiro.

Lançado em 2004, o GBOB é um festival global de música ao vivo para promover bandas independentes, e já conta com mais de 30 países participantes, entre eles, Inglaterra, Estados Unidos e Japão. Segundo a assessoria de imprensa da edição brasileira, os vencedores de edições anteriores chegaram a assinar contratos com grandes gravadoras, como Warner Music, Universal Music e EMI Music, além de contratos com produtores como Jim Lowe (Stereophonics, Charlatans) e Danny Saber (U2, David Bowie).

Recomendadas