John Travolta pede desculpa a Idina Menzel, de Frozen, por confusão no Oscar

Ator ficou se “remoendo o dia todo” pela gafe de “Adele Dazeem”
  • Imprimir
John Travolta
AP
por Rolling Stone EUA
5 de Março de 2014 às 16:13

Depois de 43 milhões de pessoas ficarem confusas ao assistir John Travolta apresentar a estrela de Frozen: Uma Aventura Congelante Idina Menzel como “Adele Dazeem”, o ator pediu desculpa à cantora da música vencedora do Oscar “Let it Go”. Ele disse que está “remoendo” o acontecido desde a cerimônia do domingo, 2.

Oscar 2014: saiba quem levou a estatueta para casa.

“Eu fiquei me remoendo o dia todo”, disse Travolta em um comunicado à agência Associated Press. “E então pensei... O que diria Idina Menzel? Ela diria, ‘Let it go! Let it go’ [Nesse caso, algo como ‘Deixa pra lá’] Idina é incrivelmente talentosa e estou tão feliz que Frozen levou dois Oscar para casa no domingo!”

Oscar 2014: 12 Anos de Escravidão vence o prêmio de Melhor Filme.

Travolta foi alvo de uma série de piadas nas redes sociais depois do incidente, com #AdeleDazeem se tornando uma das hashtags mais tuitadas nos Estados Unidos e com uma conta de “Adele Dazeem” (na descrição: “Vencedora do Tony por Wocked” [O nome original do musical é Wicked]), ganhando mais de 20 mil seguidores no Twitter. No começo desta semana, a revista Slate publicou “The Adele Dazeem Name Generator”, que gera uma versão “à la Travolta” de qualquer nome, enquanto David Letterman dedicou a lista “Top Dez” de seu programa de terça-feira, 4, a enumerar “10 maneiras erradas de se pronunciar Idina Menzel”.

Oscar 2014: Matthew McConaughey e Cate Blanchett são os destaques entre os atores

A aparição de Idina no Oscar chamou atenção dos fãs de musicais. De acordo com o jornal The Washington Posy, a performance e vitória dela geraram um aumento nas vendas de If/Then, musical que a cantora estrela, dobrando a bilheteria da segunda-feira. Como notou o Hitfix, a própria Idina tirou sarro da confusão de Travolta, imprimindo Playbills especiais para a apresentação de terça-feira nas quais seu nome aparecia como “Adele Dazeem” e, seus trabalhos anteriores, como Nert (Rent: Os Boêmios), Wicked-ly (Wicked) e Farfignugen (Frozen).

Recomendadas