Céu e Skank se unem a Jorge Ben Jor em turnê para celebrar a obra do cantor

A sexta edição do projeto Nivea Viva passará por Porto Alegre, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, Brasília e São Paulo
  • Imprimir
por Julia de Camillo
7 de Fev. de 2017 às 15:16

A sexta edição do projeto Nivea Viva será uma homenagem ao cantor e compositor Jorge Ben Jor. Ele sairá em turnê com Céu e Skank, fazendo shows em Porto Alegre (2 de abril), Rio de Janeiro (9), Fortaleza (7 de maio), Recife (21), Brasília (11 de junho) e São Paulo (25). O anúncio foi feito nesta terça, 7, com a presença dos artistas.

Segunda a diretora geral Monique Gardenberg, que chamou Jorge de o “alquimista da música brasileira”, os setlists ainda estão sendo trabalhados juntamente com o diretor musical Dadi Carvalho. Por enquanto, “32 canções vão agora ser testadas ao longo dos ensaios. Só existe uma verdade: quem abre é ‘O Dia em que o Sol Declarou seu Amor pela Terra’”, a diretora disse, comentando sobre a música de Jorge Ben do LP Bem-vinda Amizade (1981).

Samuel Rosa, o líder do Skank, não economizou nos elogios ao mestre: “Se o Skank tem um padrinho, esse padrinho é Jorge Ben Jor”. Com Samuel, Henrique Portugal, Lelo Zaneti e Haroldo Ferretti como integrantes atuais, o Skank também aproveitou para anunciar que voltará a ter um percussionista na formação nesta nova turnê.

LEIA TAMBÉM
[Lista] Melhores Discos Nacionais de 2016
Planeta Brasil: Skank, Planet Hemp, Raimundos e Jason Mraz participaram da 6ª edição do festival
Jorge Ben, Caetano, Clube da Esquina e Tom Zé são citados em lista norte-americana

Céu também não deixou de comentar sobre a importância de Jorge Ben Jor em sua formação. Vinda de família musical, a cantora contou que a mãe dela, a artista plástica Carolina Whitaker, foi a inspiração para “Carolina Carol Bela”. “Quando o Jorge me foi apresentado, eu entendi o que eu queria fazer e qual o caminho que eu queria tomar, então, tem um gosto muito especial para mim estar do lado dele”, disse ela.

O próprio Jorge Ben Jor disse que “o show vai ser, modéstia à parte, muito bom” e agradeceu pela homenagem com poucas palavras e bom humor. “Quando a Banda do Zé Pretinho chega, chega para animar a festa”, o artista disse sobre a banda que acompanhará o Skank, a Céu e ele próprio nos shows.

É a primeira vez que o projeto Nivea Viva reverencia o trabalho de uma pessoa viva. Em 2012, Elis Regina foi homenageada pela filha Maria Rita, que cantava pela primeira vez as músicas da mãe. Na edição seguinte, de 2013, foi a vez de Tom Jobim ser lembrado através da voz de Vanessa da Mata. Em 2015, a memória de Tim Maia foi celebrada com uma parceria entre Ivete Sangalo e Criolo. As edições de 2014 e 2016 foram homenagens ao rock e ao samba, respectivamente.

Recomendadas