“Let It Be”, de Paul McCartney, ganha versão cantada por Chrissie Hynde, do Pretenders

Cover integra o disco tributo The Art of McCartney, que traz 40 músicas do ex-Beatle interpretadas por músicos como Alice Cooper, Bob Dylan e The Cure
  • Imprimir
por Redação
5 de Nov. de 2014 às 10:05

Chrissie Hynde, do Pretenders, foi chamada para participar do disco tributo Art of McCartney, álbum que terá regravações de 40 das mais icônicas faixas do ex-Beatle e escolheu interpretar um clássico, “Let It Be”. É possível ouvir a versão no player abaixo.

Galeria: veja grandes parcerias de Paul McCartney no além-Lennon.

A faixa foi lançada como single em 6 de março de 1970 (o lado B escolhido foi “You Know My Name (Look Up the Number)”) e produzida por George Martin. Ela acabou dando nome ao disco dos Beatles lançado meses depois, naquele mesmo ano.

A voz rouca de Chrissie traz uma sensação agoniante à canção – uma das melhores de todos os tempos–, como a união da crueza de Pretenders ao senso pop refinado que marcou a carreira do ex-Beatles.

Ouça “Let It Be”, cantada por Chrissie Hynde:

A lista de músicos participantes inclui Bob Dylan, B.B. King, Billy Joel, The Cure, Roger Daltrey (The Who), Brian Wilson (Beach Boys), Alice Cooper, Def Leppard, Dr John, Yusuf, Barry Gibb, Jamie Cullum, Kiss e Jeff Lynne (ELO).

Paul McCartney: as 12 músicas mais “esquisitas” do ex-beatle.

O mais interessante é ver quais músicas eles escolheram executar. Bob Dylan optou por gravar “Things We Said Today”, enquanto B.B. King faz versão para “On the Way”, Willie Nelson regravou “Yesterday”, Billy Joel selecionou “Maybe I'm Amazed” e “Live and Let Die”, duas músicas assim como o Kiss com “Venus and Mars” e “Rock Show”. The Cure regravou “Hello Goodbye”, com a participação de James McCartney, filho de Paul.

45 anos depois, entenda os mistérios por trás da capa de Abbey Road.

The Art of McCartney sairá no dia 18 de novembro, em vários formatos, incluindo uma versão de luxo com livro de fotos, DVD com documentário e arte assinada pelo antigo parceiro dos Beatles Alan Aldridge e um pen-drive com o formato do baixo de McCartney.

Ouça abaixo outros covers já lançados do álbum tributo:

Corinne Bailey Rae canta “Bluebird”:

The Cure toca “Hello Goodbye”:

Alice Cooper canta “Eleanor Rigby”:

Sobre a turnê Out There!
Paul McCartney volta à América do Sul em novembro, meses depois de uma passagem pelo continente em abril, quando se apresentou no Uruguai, Chile, Peru, Equador e Costa Rica. O músico lançou o show da excursão Out There no Brasil em 2013, com apresentações nas cidades de Belo Horizonte, Goiânia e Fortaleza.

Após esses shows, a turnê visitou 40 cidades da América do Sul, Europa, América do Norte e Japão. O show Out There traz músicas de diferentes fases do cantor – incluindo a carreira solo dele, o período dos Wings e, claro, dos Beatles. O setlist ainda conta com músicas de mais recente álbum de estúdio de Paul, New, lançado em 2013. A banda que o acompanha é formada por Paul ‘Wix’ Wickens (teclados), Brian Ray (baixo e guitarra), Rusty Anderson (guitarra) e Abe Laboriel Jr (bateria).

Paul McCartney no Brasil
Vitória
10 de novembro (segunda-feira)
Estádio Kleber Andrade
Ingressos: entre R$ 280 e e R$ 800 (haverá meia entrada)

Rio de Janeiro
12 de novembro (quarta-feira)
HSBC Arena
Ingressos: valores ainda não informados

Brasília
23 de novembro (domingo)
Estádio Nacional
Ingressos: entre R$ 220 e e R$ 700 (haverá meia entrada)

São Paulo
25 de novembro (terça-feira)
Estádio Allianz Parque
Ingressos: entre R$ 220 e e R$ 700 (haverá meia entrada)

São Paulo
26 de novembro (quarta-feira)
Estádio Allianz Parque
Ingressos: entre R$ 220 e e R$ 700 (haverá meia entrada)

Recomendadas

Multimídia