Lollapalooza 2014: com camisa da seleção, Ellie Goulding comanda balada a céu aberto

Apresentação contou com hits como “Burn” e “I Need Your Love”

Luísa Jubilut Publicado em 06/04/2014, às 17h53 - Atualizado em 07/04/2014, às 13h20

Ellie Goulding no Lollapalooza 2014

Ver Galeria
(2 imagens)

Quando surgiu com uma camisa customizada da seleção brasileira de futebol neste domingo, 6, no Palco Skol do Lollapalooza 2014, a britânica Ellie Goulding quebrou o gelo com o público brasileiro, emocionado por receber a cantora pela primeira vez no país. “Figure 8”, do álbum Halcyon, foi a escolhida para abrir a apresentação que durou pouco menos de uma hora.

Para introduzir “Goodness Gracious”, GOULDING – como estava estampado a parte de trás do seu uniforme – assumiu uma bateria improvisada na frente do palco. Finalmente, a cantora se dirigiu, ofegante, ao público brasileiro, fazendo os cumprimentos de sempre com um sorriso de ponta a ponta no rosto.

Um trio poderoso de backing vocals reforçou as vozes em “Animal”, lançada há quatro anos. “Dá pra ver que vocês são fãs há muito tempo”, comemorou. O público ignorou o sol forte e intensificou os pulos em “Stay Awake”. Ellie, naturalmente provocativa, arrancou gritos e suspiros em toda as vezes que arriscou um passo mais ousado, mesmo sem abalar o seu lado dócil pop.

Um breve cover na bateria de “Bad Girls”, de M.I.A., misturado com “Salt Skin”, emendou na melosa “Only You”. Ellie escolheu concentrar as favoritas do público no final do setlist. “Essa é a minha canção favorita”, anunciou, antes de rodopiar – literalmente – ao longo do palco com o hit “Anything Could Happen”. A partir daí, a apresentação se transformou em uma balada a céu aberto.

“I Need Your Love”, gravada com o DJ Calvin Harris, gerou o coro mais forte por parte do público, composto majoritariamente por jovens. A timidez da cantora, que pouco interagiu com o público durante o show, persistiu até os momentos finais da apresentação. Foi necessário um coro de “Nós te amamos!” para arrancar um elogio inesperado de Ellie: “Talvez vocês sejam minha plateia favorita de todos os tempos”, confessou, antes de dedicar “You My Everything” para todos os presentes. “Está muito quente”, reclamou, antes de tirar a camisa, ficar só de top e assumir a guitarra em “Burn”, que selou a apresentação na capital paulista.