Mark Hamill diz estar arrependido de criticar Star Wars: Os Últimos Jedi publicamente

Segundo o ator, “diferenças criativas são um elemento comum em qualquer projeto, mas normalmente são mantidas em segredo”

Rolling Stone EUA Publicado em 28/12/2017, às 13h34 - Atualizado às 13h52

Cena de <i>Star Wars: Os Últimos Jedi</i>

Ver Galeria
(2 imagens)

Mark Hamill, que recentemente criticou o mais novo filme da saga Star Wars, Os Últimos Jedi, parabenizou o diretor Rian Johnson pelo trabalho e expressou seu arrependimento pelos comentários negativos em um tuíte. “Diferenças criativas são um elemento comum em qualquer projeto, mas normalmente são mantidas em segredo. Tudo que eu queria era fazer um bom filme. Eu consegui mais que isso. Rian Johnson com certeza fez um ÓTIMO filme.”

(matéria de capa) Star Wars: Por Dentro do Mundo dos Jedi

Essa declaração é uma resposta a um outro tuíte do ator, que citava uma entrevista de dezembro, entre ele e o site IMDB, em que Hamill disse: “Tive problemas em aceitar o que Johnson enxergava para Luke, mas agora, após assistir ao filme, posso dizer que estava errado. Ser instigado a sair da zona de conforto é algo bom. Se eu fosse apenas mais um Jedi treinando padawans, não veríamos nada de novo!”. Hamill chegou a dizer, em outra entrevista, que quase precisou imaginar Luke como outro personagem: “Talvez ele seja Jake Skywalker - ele não é o meu Luke.”

As críticas feitas pelo ator, que interpreta o icônico Skywalker desde o primeiro filme da saga Star Wars, de 1977, não afetaram a bilheteria do novo longa: Os Últimos Jedi não alcançou o recorde esmagador de O Despertar da Força (2015), mas ainda assim foi considerado o segundo filme com melhor fim de semana de abertura de todos os tempos, arrecadando mais de US$ 220.

Na manhã da última quarta-feira, 27, Hamill homenageou Carrie Fisher, com quem dividiu os sets de filmagem de cinco dos oito Star Wars, e que faleceu em 27 de dezembro do ano passado, postando no Instagram duas fotos dos dois juntos e uma pintura da personagem dela, a Princesa Leia, acompanhadas da legenda: “Ninguém realmente se vai... #AlwaysWithUs #CarrieOnForever.”