Mark Hamill: Harrison Ford me convenceu a interpretar Luke Skywalker novamente em Star Wars

“Dá para imaginar como seria se eu fosse o único a dizer não?”, confessou o ator. “Eu seria a pessoa mais odiada no universo nerd”
  • Imprimir
por Rolling Stone EUA
31 de Out. de 2017 às 16:37

O retorno de Mark Hamill a Star Wars quase não aconteceu, segundo ele mesmo revelou em entrevista ao New York Times. Ele vai reprisar o papel que praticamente definiu a carreira dele, como Luke Skywalker, no próximo filme da franquia, Star Wars: Os Últimos Jedi, com lançamento marcado para 15 de dezembro.

“Eu só estava muito assustado”, Hamill disse que quando ele foi abordado pela primeira vez para retornar, em O Despertar da Força, de 2015. “Pensei: ‘Por que mexer nisso?’ A ideia de acender um sabre duas vezes era ridiculamente remota”. A maior preocupação dele era que o público não iria querer ver ele, Carrie Fisher (Princesa Leia) e Harrison Ford (Han Solo) como versões mais velhas dos personagens famosos.

Star Wars: Os Últimos Jedi: destrinchando o novo trailer

Mas Hamill mudou de ideia quando Ford concordou em retornar. “Dá para imaginar como seria se eu fosse o único a dizer não?”, disse Hamill. “Eu seria a pessoa mais odiada no universo nerd.”

O diretor J.J. Abrams e co-roteirista Lawrence Kasdan criaram uma narrativa adequada para O Despertar da Força – mas, no fim das contas, segundo Abrams disse ao New York Times, eles perceberam que Luke Skywalker não se encaixaria exatamente no filme.

“Deixei [Hamill] saber antes de ele ler o roteiro que o papel dele era mínimo”, disse Abrams. “Acho que ele não sabia do quão pequeno era até ler o roteiro”. No fim, a participação de Hamill no filme de 2015 foi basicamente uma aparição silenciosa bem no fim do filme.

“Se chega ao público como algo forçado ou um truque, se há algum tipo de reclamação, a culpa cai sobre mim, não em J.J.”, disse Hamill.

Assista ao trailer de Os Últimos Jedi abaixo.

Recomendadas