Metallica anuncia o “Dia de Cliff Burton” na cidade natal do finado baixista

Músico lendário será honrado pelo Condado de Alameda, na Califórnia, no próximo dia 10, data em que ele completaria 56 anos de idade

Rolling Stone EUA Publicado em 07/02/2018, às 15h45 - Atualizado às 15h55

<b>Primódios</b><br>
(Da esq. para a dir.) Burton, Hammett, Ulrich e Hetfield.
Divulgação

O finado baixista do Metallica, Cliff Burton, vai ser homenageado naquele que seria o 56º aniversário dele. Isto porque o Condado de Alameda, na Califórnia, Estados Unidos, está proclamando o dia 10 de fevereiro como o “Cliff Burton Day”. O anúncio vem depois de fãs do Metallica darem início a uma petição no Change.org para o reconhcimento de Burton na cidade natal dele, Castro Valley.

O Metallica anunciou a novidade no Twitter, escrevendo: “É oficial! O Condado de Alameda acaba de proclamar o dia 10 de fevereiro de 2018, que seria o 56º aniversário de Cliff Burton, como o ‘Dia de Cliff Burton’. Obrigado a todos os fãs que estiveram por trás desta iniciativa. Nós amamos que ele continua sendo venerado.”

Integrantes do Metallica falaram de Cliff Burton em vídeo do livro de Master of Puppets

Burton nasceu e foi criado na região do Castro Valley, que fica a sul de Oakland. Conforme a proclamação do Condado de Alameda afirma, Burton começou a tocar música aos seis anos de idade, indo do piano para o baixo depois da morte do irmão, Scott. No ensino médio e depois, Burton formou e tocou em diversas bandas, gradativamente construindo uma reputação para ele na área da baía de São Francisco.

Eventualmente, Burton angariou a atenção dos cofundadores do Metallica, James Hetfield e Lars Ulrich e, em 1983, o grupo de heavy metal lançou o disco de estreia, Kill ‘Em All. O álbum, de maneira notável, traz a faixa “(Anesthesia) – Pulling Teeth”, um solo de baixo instrumental com apenas Burton e Ulrich o acompanhando na bateria. O Metallica veio a lançar mais dois discos com Burton, Ride the Lightening, de 1984, e Master of Puppets, de 1986, antes de o baixista morrer tragicamente em um acidente de ônibus enquanto a banda estava em turnê pela Suécia.