Michelle Williams recebeu 1.500 vezes menos que Mark Wahlberg para refilmar cenas de Todo o Dinheiro do Mundo; entenda o caso

O ator recebeu US$ 1,5 milhão e a atriz menos de US$ 1 mil

Rolling Stone EUA Publicado em 10/01/2018, às 14h08 - Atualizado às 17h21

Michelle Williams
Charles Sykes/AP

O filme Todo o Dinheiro do Mundo, dirigido por Ridley Scott, precisou ser parcialmente refilmado após a decisão da equipe de demitir Kevin Spacey da produção, logo após as denúncias de abuso sexual contra o ator. As cenas que precisaram ser refeitas tiveram Christopher Plummer assumindo o papel que era de Spacey e contam com a participação de Mark Wahlberg e Michelle Williams. De acordo com uma publicação do jornal USA Today na última terça, 9, a atriz recebeu menos de US$ 1 mil para participar das regravações, que ocorreram em novembro, enquanto Wahlberg recebeu US$ 1,5 milhão.

Michelle Williams havia contado ao veículo anteriormente que estava “muito satisfeita com o enorme esforço” que estavam fazendo para alterar as cenas do filme. “Eu disse que estaria em qualquer lugar que eles precisassem, quando eles precisassem. E poderiam ficar com meu salário, meu feriado e o que quisessem”, a atriz completou.

O diretor disse que os atores, incluindo Michelle e Wahlberg, concordaram em participar dos dez dias de refilmagem “em troca de nada”. Segundo a publicação, a agência que representa Wahlberg renegociou logo disso depois o acordo, buscando uma “remuneração considerável”.

Todo o Dinheiro do Mundo recebeu três indicações ao Globo de Ouro, cuja cerimônia de entrega de prêmios aconteceu no último domingo, 7. Na ocasião, tanto o ator quanto a atriz vestiram preto para demonstrar apoio ao movimento Time’s Up, que defende, entre várias causas, a igualdade de gêneros.