Morre George A. Romero, diretor de A Noite dos Mortos-Vivos e pai dos filmes de zumbi

Cineasta tinha 77 anos; morte foi causada por um câncer de pulmão
  • Imprimir
por Redação/Rolling Stone EUA
16 de Julho de 2017 às 19:40

George A. Romero, cineasta que revolucionou os filmes de terror ao dirigir o clássico A Noite dos Mortos-Vivos (1968), morreu neste domingo, 16. Em um comunicado ao Los Angeles Times, Peter Grunwald, produtor que trabalhava com ele, afirmou que a morte foi causada por um câncer de pulmão.

Segundo informações do veículo, nos últimos momentos de vida, ao lado da mulher, Suzanne Desrocher Romero, e da filha, Tina Romero, o diretor ouviu a trilha-sonora de Depois do Vendaval (1952).

Carreira
Romero dirigiu e coescreveu (junto a John A. Russo) A Noite dos Morto-Vivos, produção que deu início à franquia que tornou zumbis um fenômeno da cultura pop. O longa foi seguido por dois outros filmes, Despertar dos Mortos (1978) e Dia dos Mortos (1985).

Décadas depois, o cineasta comandou outra trilogia dentro da mesma temática, formada por Terra dos Mortos (2005), Diário dos Mortos (2007) e A Ilha dos Mortos (2009) — último filme pelo qual ele foi creditado como diretor.

Além dos filmes de zumbi, outros trabalhos de Romero incluem O Exército do Extermínio, de 1973, Cavaleiros de Aço, de 1981, e There's Always Vanilla (1971), única comédia romântica da carreira.

Recomendadas